Com o fim do terceiro turno da planta em Camaçari, metalúrgicos ficarão em layoff por cinco meses

Fábrica da Ford em Camaçari (BA)
Divulgação
Fábrica da Ford em Camaçari (BA)

Mais uma fabricante teve que cortar a produção com a retração de mercado. A Ford  irá colocar 1,1 mil metalúrgicos da fábrica em Camaçari (BA) em layoff por cinco meses, consequência da paralização do terceiro turno.

A medida foi aprovada pelo sindicato. O número inicial era de 2 mil funcionários, mas a marca remanejou parte dos trabalhadores para outros turnos e alguns aderiram ao Programa de Demissão Voluntária (PDV). Dessa forma, a quantidade caiu para 1,1 mil.

É do complexo baiano que sai a linha Ka e o utilitário EcoSport . Embora o Ka tenha subido no ranking para o terceiro carro mais vendido no país, as vendas continuam em queda no geral – 5.549 unidades foram emplacadas em fevereiro deste ano, ante 6.440 comercializadas no mesmo mês em 2015. O EcoSport também passa por um momento ruim, não basta a queda nas vendas, ainda tem que enfrentar o Honda HR-V e Jeep Renegade .

A situação não é melhor para outras marcas. A General Motors  dispensou 520 metalúrgicos da fábrica em São José dos Campos (SP) e irá demitir mais 900 do complexo em São Caetano do Sul (SP).

Fonte:  Automotive Business

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.