Corsa, Tipo, Escort... A lista de modelos tradicionais que desapareceram das nossas ruas vai crescendo cada vez mais

Existem nomes de carros dos quais as fabricantes não abrem mão, por todo o sucesso que fizeram no mundo. E quando uma geração chega ao fim, tomam o cuidado de caprichar na próxima para honrar o nome tão preciso. Em países desenvolvidos e tradicionais, como o europeu e o americano, pelo menos a maioria desses modelos continua sendo vendida há décadas. Mas em mercados considerados emergentes, esses carros podem deixar de ser oferecidos, como o que está acontecendo no Brasil.

Na galeria acima reunimos alguns dos tais modelos com nomes tradicionais que chegaram a ser usados no mercado brasileiro em algum momento, mas acabaram sumindo. Entre os principais exemplos estão os carros da Opel , marca alemã controlada pela GM . Corsa, Meriva , Zafira e Astra deixaram saudades no Brasil depois que foram substituídos por modelos menos sofisticados, como Onix , Spin e Cruze Sport6.

Há outros nomes fortes que foram usados em carros bem diferentes do modelo original, como é o caso do grandalhão Dodge Dart , que formou uma legião de fãs no Brasil a partir do início dos anos 70. Mais de 40 anos depois, a Chrysler r esolve lançar um sedã médio e batizá-lo de Dart, para despespero dos fanáticos pelo nada discreto clássico com motor V8.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.