Novo modelo da marca sueca deverá ser mostrado no Salão do Automóvel, entre 10 e 20 de novembro

Depois da versão renovada da linha V40 , cuja chegada ao Brasil já está confirmada para o segundo semestre, a Volvo  vai lançar no País o sedã de luxo S90 , o sucessor do S80. De acordo com a fabricante, o carro estreia por aqui em 2017, mas ainda não há um parecer sobre qual motor estará disponível. Entre as opções, há o T6 , com 320 cv, ou o híbrido T8 TwinPower , de 400 cv.

Quando desembarcar no Brasil, o S90 vai disputar um lugar de destaque no restrito segmento de sedãs de luxo, do qual fazem parte modelos como Mercedes-Benz Classe E , BMW  Serie 5 , Audi A6 , Jaguar XF e companhia. Entre os principais atrativos, o modelo sueco terá o sistema Pilot Assist de condução semiautônoma até 130 km/h, bem como o pacote de segurança que inclui detector de frenagem para animais grandes e dispositivos que evitam saídas não intencionais da pista, além de conectividade de ponta, compatível com Apple  CarPlay. 

Se quiser, o S90 não precisa de chave

Além disso, o S90 será um dos primeiros carros disponíveis que dispensam chave. A novidade inova ao funcionar por meio de aplicativo de celular. A nova tecnologia funcionará por Bluetooth e terá entre os principais atrativos a possibilidade de compartilhar o carro.  Além disso, será possível travar e destravar as portas e dar a partida no motor, tudo tocando na tela do celular.

Por meio do aplicativo também será possível controlar mais de um veículo da Volvo  e também agenda e pagar um carro da marca pelos sistemas de aluguel e compartilhamento.

Nos Estados Unidos, o S90 T5 Momentum , o mais simples da linha, é vendido por US$ 47.945 (o que equivale a cerca de R$ 173 mil, numa conversão simples). No caso do T6 , o preço sugerido sobe para US$ 52.950 (aproximadamente R$ 190 mil, sem inclusão de taxas e impostos). Para ter uma ideia, o SUV XC90, no Brasil, fica entre R$ 314 mil (T6 Momentum) e R$ 396 mil (First Edition). Acima, confira a galeria de imagens do S90 e, abaixo, os videos oficiais do carro.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.