Baixas vendas e maior procura por crossovers devem encerrar produção do cupê de estilo retrô, lançado em outubro de 1997

A Volkswagen  deve deixar de produzir o Beetle (batizado como Fusca , no Brasil) em 2018, de acordo com o site americano Autoline.  A marca alemã começou a produzir o modelo de estilo nostálgico em outubro de 1997, com a base do Golf IV .

A atual geração apareceu em 2011, feita sobre a moderna plataforma MQB, a mesma de uma série de modelos do Grupo Volkswagen. Mas, tudo indica que o Fusca deixará de ser produzido em dois anos e meio por causa da baixa demanda e porque o mercado global está mais voltado aos crossovers atualmente.

Outro argumento convincente que tem sido citado nas conclusões da mídia internacional sobre o fim da produção do Fusca é de que a Volkswagen precisa reduzir seus gastos nos próximos anos para poder se recuperar do escândalo conhecido como Dieselgate. Portanto, modelos como o Beetle e o sedã de luxo Phaeton devem ser deixados de lado.

No Brasil, o Fusca atualmente vendido nas lojas foi lançado em setembro de 2012, com a presença de celebridades como a apresentadora Adriane Galisteu e o jogador de futebol Neymar Jr.  Mas, apesar da apresentação glamurosa, as vendas do modelo sempre foram baixas. Em 2015, o Fusca foi o carro menos vendido do ano, com apenas 470 unidades, o que dá uma média de 39 unidades por mês. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.