Espuma usada no acabamento pode impedir o funcionamento do equipamento de segurança

Chevrolet TrailBlazer
Divulgação/General Motors
Chevrolet TrailBlazer

A General Motors  anuncia o recall de 7.968 unidades do utilitário Chevrolet TrailBlazer , modelo 2013 a 2016. As unidades convocadas correm o risco de que o airbag de cortina não abra corretamente em um acidente, aumentando as chances de ferimentos aos ocupantes. A culpa é da espuma utilizada no acabamento do forro do teto e das colunas laterais do veículo.

Os proprietários dos veículos com chassis entre DC400034 a GC416790 e produzidos entre 16 de abril de 2012 a 26 de novembro de 2015 devem agendar o serviço em uma concessionária autorizada. Será feita a inspeção das espumas e, se necessário, sua remoção para que não atrapalhe os airbags. A marca afirma que essa falha afeta apenas as bolsas infláveis de cortina, as demais continuam funcionando corretamente.

Para mais informações, entre em contato com a Chevrolet pelo site da marca  ou pelo telefone 0800 702 4200 .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.