Com vendas em baixa, cupê com apelo esportivo ganha novidades. Mas pode sair de linha em 2018

A Volkswagen adota uma série de mdanças na linha 2017 do Beetle (batizado como Fusca no Brasil) na tentativa de dar um pouco mais de apelo ao carro que está com vendas em baixa no mudo todo e corre o sério risco de deixar de ser produzido em 2018, conforme a  reportagem de iG Carros já chegou a adiantar.

Versão conversível do Fusca 2017
Divulgação
Versão conversível do Fusca 2017

Entre os novos detalhes, destacam-se os novos para-choques, com entradas de ar mais largas, o que reforça o aspecto esportivo do carro. Com a mesma intenção de reforçar a esportividade, agora há diferentes opções de rodas de 17 ou 18 polegadas de diâmetro e duas cores inéditas: Verde Bottle e Branco Metálico.

Por dentro, os instrumentos estão com novo grafismo e retoques no painel. Além disso é as escolhas para personalizar o interior do carro foram ampliadas, o que inclui novos materiais e cores, com destaque para a versão topo de linha R-Line, que pode vir com revestmento do tipo Kyalami ou Vienna, incluisive no volante.

Entretanto, no conjunto mecânico, não houve mudanças. O carro continua sendo oferecido com motores capazes de render entre 105 e 220 cv, dependendo da versão. Na Europa, a versão mais em conta, com motor 1.2 TSI, vai por 18.375 euros, o que equivale a cerca de R$ 73.800. As vendas no mercado europeu já começaram. No Brasil, porém, a chegada da linha 2017 do Fusca ainda é dúvida. Mas existem boas chances do carro aparecer no estande da Volkswagen no Salão do Automóvel, entre 10 e 20 de novembro, em São Paulo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.