Recall irá trocar gerador de gases do airbag, que pode disparar pedaços de metal contra o motorista

Nissan Frontier
Divulgação/Nissan
Nissan Frontier

A Nissan  é a primeira marca a anunciar um novo recall para substituir os airbags da empresa Takata , convocando 32.779 unidades da picape Frontier , fabricadas entre 2007 e 2011. As bolsas infláveis utilizam um componente químico que pode se deteriorar com o tempo e com a umidade, disparando com mais força do que o normal e arremessando peças de plástico contra o motorista.

Os proprietários dos veículos com código de chassi não sequencial entre 94DVCUD408J988387 e 4DVDUD40CJ991452 devem entrar em contato com uma concessionária para agendar o serviço. A Nissan irá trocar o gerador de gases do airbag do motorista. O tempo estimado para a substituição é de uma hora. Para mais informações, entre en contato com a Nissan pelo site ou pelo telefone 0800 011 1090.

O primeiro de muitos

Uma investigação feita pelo governo norte-americano determinou que o problema dos airbags mortais está no componente químico do gerador de gases. Como ele foi utilizado da mesma forma em todos os equipamentos produzidos pela Takata , a empresa terá que fazer o recall de todos os modelos. Nos EUA, oito marcas já iniciaram a campanha de chamamento para 12 milhões de veículos , com a estimativa de chegar a 40 milhões de veículos, enquanto no Japão falam sobre 20 milhões.

Algumas marcas começaram a se movimentar. A Honda anunciou a convocação de 21 milhões de veículos ao redor do mundo , uma das maiores já realizadas por uma única fabricante automotiva. No Brasil, Toyota  e Honda  avaliam a situação das unidades produzidas e comercializadas por aqui.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.