Em tempos de crise, comprar um usado automático pode ser a solução para quem cansou de trocar de marcha

O troca-troca de marcha de todos os dias nos congestionamentos cansa qualquer um. Comprar um automático resolveria isso, mas e a grana para comprar um neste momento de crise econômica? É possível achar um bom automático no mercado de usados, pagando bem menos do que um modelo zero quilômetros. Então, fizemos uma pesquisa e encontramos cinco modelos seminovos automáticos fáceis de encontrar por até R$ 40 mil.

Antes de partir para a lista, saiba qual foi o nosso critério. Foram considerados apenas os veículos a partir de 2013, com quilometragem entre 10 mil e 20 mil km (para eliminar as manipulações abaixo dos 10 mil km), mais fáceis de serem encontrados em diversas regiões do país, e apenas automáticos de verdade (excluindo automatizados e câmbio CVT).

1º - Peugeot 308 2.0 Allure 2013 – R$ 39.900

Peugeot 308 2.0 Allure 2013
Divulgação/Peugeot
Peugeot 308 2.0 Allure 2013

O que faz o 308 ser tão atraente é ser um hatch médio entre carros menores. Equipado com o motor 2.0, de 151 cv, também anda mais rápido, além de vir mais completo, com GPS, rodas de liga leve e espelhos laterais com ajuste elétrico. O problema é ser o modelo sem os retoques no desenho adotados a partir do final do ano passado, o que dá um aspecto mais envelhecido, e utilizar o antiquado câmbio de quatro marchas da Peugeot – apenas um ano depois ele foi trocado por uma caixa de seis velocidades.

Peugeot 308 2.0 Allure
Divulgação/Peugeot
Peugeot 308 2.0 Allure

2º - Chevrolet Onix 1.4 LT 2014 – R$ 39.500

Chevrolet Onix 1.4 LT
Divulgação/General Motors
Chevrolet Onix 1.4 LT


O Onix é uma das escolhas mais seguras da lista. O motor 1.4 flex de 106 cv (com etanol) trabalha com um câmbio automático de seis marchas, o mais moderno entre os modelos escolhidos. Segundo o Inmetro, faz 6,9 km/l na cidade e 8,5 km/l na estrada, com biocombustível. Além disso, vem bem equipado, com controle de cruzeiro, volante multifuncional e central multimídia MyLink.

Chevrolet Onix 1.4 LT
Divulgação/General Motors
Chevrolet Onix 1.4 LT

3º - Citroën C3 1.6 Exclusive 2013 – R$ 39.500

Citroën C3 1.6 Exclusive
Divulgação/Citroën
Citroën C3 1.6 Exclusive

Estamos falando da versão topo de linha do C3 e de um modelo que continua com o mesmo design que na linha 2016. Utiliza um motor 1.6 de 122 cv, uma boa potência para o hatch. Mas, assim como o 308 , utiliza um câmbio de apenas quatro marchas, o que causa solavancos entre as trocas. Em compensação, vem com direção elétrica, ar-condicionado digital, bancos de couro, sensor de estacionamento e para-brisa panorâmico.

Citroën C3 1.6 Exclusive
Divulgação/Citroën
Citroën C3 1.6 Exclusive

4º - Hyundai HB20 1.6 Comfort Style 2014 – R$ 35.990

Hyundai HB20 1.6 Comfort Style
Divulgação/Hyundai Motor Brasil
Hyundai HB20 1.6 Comfort Style

Assim como o 308, é possível encontrar o modelo pré-reestilização por menos de R$ 40 mil e é muito competente ao rodar. Infelizmente, a transmissão de seis marchas só veio no modelo renovado, enquanto este usa um câmbio de quatro marchas. Também é mais espartano, contando apenas com volante multifuncional, direção assistida e sistema de som com Bluetooth.

Hyundai HB20 1.6
Divulgação/Hyundai Motor Brasil
Hyundai HB20 1.6

5º - Renault Sandero Privilège 2013 – R$ 33.900

Renault Sandero 1.6 Privilège
divulgação/Renault
Renault Sandero 1.6 Privilège

Enquanto os outros modelos são, no máximo, sem uma renovação visual, o Sandero é uma geração anterior. Faz sentido, já que o modelo atual desistiu do câmbio automático para adotar um automatizado. Mesmo sendo a versão topo de linha, o Sandero Privilège fica devendo muito em relação aos outros modelos. Nada de sistema multimídia, apenas som com Bluetooth e USB, tem maior nível de ruído e o motor 1.6 flex tem um rendimento razoável. O lado bom é que tem muito espaço e o porta-malas tem capacidade para 320 litros.

Renault Sandero 1.6 Privilège
divulgação/Renault
Renault Sandero 1.6 Privilège


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.