Picape média deve ser produzida na Argentina, com a mesma plataforma da Toyota Hilux

Projeção da nova picape da Peugeot feita por X-Tomi Design, aproveitando a informação de que a caminhonete deve utilizar a mesma plataforma que a Toyota Hilux.
Reprodução/X-Tomi Design
Projeção da nova picape da Peugeot feita por X-Tomi Design, aproveitando a informação de que a caminhonete deve utilizar a mesma plataforma que a Toyota Hilux.

O PSA Group, dono da Citroën  e Peugeot , terá uma nova picape média com capacidade de carga de uma tonelada e que será produzida na América Latina. A chegada do novo modelo foi confirmada por Carlos Gomes, presidente da PSA para a América Latina. O mais provável é que seja produzida na Argentina, na fábrica em El Palomar e deve aproveitar a parceria com a Toyota  para usar a plataforma da nova geração da Hilux.

Ainda sem data de estreia, a nova picape deve ficar apenas para 2019. Com a ociosidade da fábrica argentina, o PSA Group deve escolher o país vizinho como responsável pela produção – atualmente, o complexo em El Palomar trabalha com apenas um turno, enquanto a fábrica brasileira em Porto Real (RJ) produz os Peugeot 208 e 2008 , e os Citroën C3 e Aircross.

Quando os primeiros rumores dessa picape surgiram há alguns meses, falava-se sobre uma dúvida sobre qual plataforma utilizar. Um caminho era montar sobre a base modular EMP2, utilizada pela PSA em vários carros, desde a segunda geração do Peugeot 308 até vans como Peugeot Traveller. A alternativa, que é apontada como a mais certa, é fazer uma picape derivada da Toyota Hilux , já que possui uma parceria com a empresa japonesa para compartilhar tecnologias de veículos a diesel.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.