Vendas globais chegaram a 1,16 milhão de unidades. Honda HR-V foi o que mais vendeu

Honda HR-V
Divulgação/Honda
Honda HR-V

Não há duvida que o segmento dos SUVs compactos veio para ficar. Segundo os dados levantados pela JATO Dynamics , as vendas desses modelos subiram 40% no primeiro trimestre de 2016, alcançando 1,16 milhão de unidades. Todas as regiões apresentam um crescimento de dois dígitos, exceto o Japão e Coreia do Sul. Quem lidera o ranking é a Honda , com 14,94% de participação, graças ao HR-V , o mais vendido do período com 173.824 unidades emplacadas.

Quem realmente abraçou os utilitários compactos foram os Estados Unidos. No primeiro trimestre de 2015, haviam emplacado 49 mil unidades, enquanto este ano foram 113 mil, um crescimento de 130%. A Europa cresceu 24%, enquanto a China subiu 51%. Até mesmo a América Latina mostra um aumento na demanda de 66%, na contramão do péssimo momento para todo o mercado automotivo da região.

LEIA MAIS: Vendas não passarão de 1,8 milhão em 2016, diz presidente da JAC

A participação de cada marca no mercado global de SUVs compactos (chamados lá fora de B-SUVs). A Honda alcançou a liderança com as vendas do HR-V.
Reprodução/JATO Dynamics
A participação de cada marca no mercado global de SUVs compactos (chamados lá fora de B-SUVs). A Honda alcançou a liderança com as vendas do HR-V.

A Honda é só felicidade agora que é líder do segmento. Sua participação de mercado subiu de 10,96% para 14,94%, graças ao HR-V (conhecido no resto do mundo como Vezel ou XR-V ). Foi o suficiente para passar a Renault-Nissan , agora com apenas 14,71% de participação. A terceira colocada é a General Motors (10.13%), seguida pela PSA Peugeot-Citroën (9.10%) e Fiat-Chrysler (8%).

LEIA MAIS: Brasil cai para sétimo país em vendas

Os SUVs compactos mais vendidos no 1º semestre de 2016. O Honda HR-V lidera com folga, com quase o dobro de vendas em relação ao Renault Duster.
Reprodução/JATO Dynamics
Os SUVs compactos mais vendidos no 1º semestre de 2016. O Honda HR-V lidera com folga, com quase o dobro de vendas em relação ao Renault Duster.

Parece exagero falar do HR-V, mas não tem como não citar o carro. Foram 173.824 unidades emplacadas no primeiro trimestre deste ano. O segundo colocado é o Renault Duster, com 63.100 – menos da metade que o SUV japonês, recuando 11% nas vendas, por consequência de sua idade avançada. Na terceira colocação, uma surpresa: Peugeot 2008 . Ao contrário do que acontece no Brasil, o modelo francês vai muito bem na Europa, com 62.247 unidades no período.

Outra que está comemorando é a Fiat-Chrysler , com o bom resultado do Jeep Renegade , que alcançou 57.880 unidades. É seguido de perto por outro produto da Renault , o Captur , com 57.355 unidades. O Ford EcoSport , antigo líder do segmento no Brasil, aparece na sexta colocação, com 57.321 unidades. Completam a lista dos 10 mais vendidos Changan CS35 (52.122), Hyundai ix25 (46.046), Opel Mokka (a versão europeia do Chevrolet Tracker , com 45.640) e Brilliance V3 (44.932).

De olho no resultado que Honda e Fiat-Chrysler tiveram, diversas marcas trabalham para renovar ou lançar novos SUVs no Brasil. Chevrolet Tracker e Ford EcoSport passarão por um facelift e a Nissan irá lançar o Kicks em agosto. A Hyundai deve finalmente mostrar o ix25 no Salão do Automóvel, em novembro, que também será palco do Honda WR-V , um utilitário menor que o HR-V . A Renault vai atacar em duas frentes, vendendo o Kwid como um SUV pequeno, enquanto oferecem a versão emergente do Captur como opção premium acima do Duster .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.