Com 810.681 unidades, vendas de carros recuaram 10 anos e não devem passar 1,8 milhão no ano

As vendas de carros caíram 265.255 unidades no 1º semestre, uma diferença de 25% em relação o mesmo período de 2015.
Divulgação
As vendas de carros caíram 265.255 unidades no 1º semestre, uma diferença de 25% em relação o mesmo período de 2015.

Junho é um mês importante para medir como estão as vendas de carros no ano, por ser o fechamento do semestre. Embora tenha sido um pouco melhor do que maio, com 139.559 unidades (1,54% a mais), se compararmos com o ano passado, os emplacamentos caíram 24,65% , de 1.075.936 carros para 810.681 veículos – ou seja, não chegamos a um milhão. Está exatamente na previsão feita por Sergio Habib , presidente da JAC Motors , de 1,8 milhão de vendas.

Entre os sedãs médios, o Toyota Corolla continua a dar um baile, com 5.417 unidades. Isso é mais do que a soma das vendas de todos os outros carros do segmento. Mesmo com a chegada de alguns modelos, como a nova geração do Chevrolet Cruze ou o facelift do Nissan Sentra , o Corolla parece que vai continuar à frente. Sua única ameaça deve ser o novo Honda Civic , que será apresentado neste mês.

Em uma briga familiar, Fiat Mobi e Uno continuam a disputar pelas vendas da marca. O novo hatch da fabricante italiana emplacou 2.822 unidades, contra 2.801 unidades do Uno – apenas 21 carros de diferença. Entretanto, o Mobi segue longe do Volkswagen Up , que emplacou 3.488 unidades em junho. O Fiat Palio continua mostrando fôlego, com 4.335 unidades, possivelmente alavancadas pela versão de entrada Palio Fire .

Fiat Toro bate até picape média

No terreno das picapes, o destaque é o bom resultado da Fiat Toro , com 4.040 unidades, o suficiente para ultrapassar a Volkswagen Saveiro (3.566) e tornar-se a segunda picape mais vendida do mês. Ainda perde para a Fiat Strada , que fechou junho com 5.276 unidades. A líder entre as picapes médias continua a ser a Toyota Hilux , com 2.791 unidades. Não vai ceder a posição tão cedo, mesmo que tenha caído 135 unidades em relação ao mês passado.

Chevrolet S10 e Ford Ranger , ambas reestilizadas recentemente, subiram um pouco. A picape da GM manteve os preços já praticados , o que tem dado certo: subiu de 2.094 unidades para 2.228 unidades. Não foi muito, mas a deixou acima da  Ranger , que ficou mais cara com a renovação , o que não a impediu de subir de 1.129 unidades para 1.888.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.