Durante o evento vão debater sobre as pesquisas e projetos do setor tecnológico brasileiro

Estande da Renault-Nissan no Salão Latino-Americano de Veículos Elétricos
Divulgação
Estande da Renault-Nissan no Salão Latino-Americano de Veículos Elétricos

As vendas de carros elétricos e híbridos no Brasil ainda são bastante baixas por falta de incentivos do governo, infraestrutura, entre outras questões. Mesmo assim, já marcaram a data e o local do 12º Salão Latino-Americano de Veículos Elétricos, Componentes e Novas Tecnologias, que acontece de 1º a 3 de setembro próximo, no Pavilhão Amarelo do Expo Center Norte, em São Paulo (SP).

Além dos (poucos) modelos que estão disponíveis no mercado brasileiro, o evento também será um painel acadêmico com o objetivo de apresentar as instituições que fazem pesquisas e projetos para o crescimento tecnológico brasileiro sob uma perspectiva sustentável. De acordo com Ricardo Guggisberg, presidente da ABVE - Associação Brasileiro do Veículo Elétrico, será uma oportunidade para difundir o meio acadêmico e explicar a importância dos carros elétricos atualmente no mundo.

LEIA MAIS:  BMW i3 - como é a vida andando de carro elétrico em São Paulo

Os estudantes que desenvolvem atividades de extensão em suas respectivas Instituições de Ensino Superior poderão inscrever os trabalhos. Este ano, eles serão apresentados apenas nas modalidades pôster e apresentação oral. O pôster ficará exposto em espaço especialmente reservado para esta finalidade, durante os três dias de evento. Pelo menos um autor deverá estar presente durante o horário de exposição agendado para discutir e tirar dúvidas dos visitantes interessados no tema.

LEIA MAIS: Romi Isetta é recriado como protótipo elétrico Microlino

Carro elétrico continua se aperfeiçoando

Uma das empresas que mais avançam no desenvolvimento dos carros elétricos no mundo é a Tesla , que vai lançar o pequeno Model 3 , que chegará para incentivar outras marcas a tentarem competir com carros elétricos mais eficientes. A Ford vai participar do jogo com a criação de um veículo capaz de rodar por 320 km sem parar para recarregar.

A informação foi confirmada pelo chefão da Ford , Mark Fields, durante uma conferência sobre o desempenho financeiro da marca no primeiro trimestre. Infelizmente, o executivo não deu mais detalhes. Esse carro pode se chamar Model E e ser produzido no México, usando a plataforma da nova geração do Focus.

Vai levar um tempo para chegar às lojas. Esse carro faz parte do plano da marca de lançar 13 novos elétricos até 2020, começando neste ano, com a chegada do Focus Electric , versão do hatch com autonomia de 160 km. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.