Conversível raro da BMW foi comprado por Elvis Presley na Alemanha. Conheça a história deste clássico que pertenceu ao Rei do Rock

Elvis Presley estava em um dos maiores momentos de sua carreira quando o exército dos Estados Unidos o recrutou. Foi enviado para Freidberg (Alemanha), onde fez duas coisas muito importantes: comprou um BMW 507 e conheceu sua futura esposa, Priscilla Beaulieu. Ninguém sabe o que aconteceu com o carro quando Elvis voltou aos EUA. Após anos de procura, encontraram o carro, que foi restaurado por completo.

A jornalista Jackie Jouret, da revista Bimmer , pesquisou até descobrir que o BMW 507 de Elvis tinha o chassi 70079 e foi encontrar o carro em um armazém de abóboras perto de São Francisco (EUA). O conversível estava nas mãos de Jack Castor durante décadas, junto com dúzias de outros clássicos, como Jaguar E-Type , Triumph TR3 , BMW 2600 e até outro 507 . Todos guardados há muito tempo.

LEIA MAIS: os 10 carros clássicos mais incríveis esquecidos em garagens

Amor à primeira vista

Elvis Presley comprou um BMW 507 quando esteve na Alemanha servindo o exército norte-americano. Após décadas desaparecido, conversível foi encontrado e restaurado.
Divulgação/BMW
Elvis Presley comprou um BMW 507 quando esteve na Alemanha servindo o exército norte-americano. Após décadas desaparecido, conversível foi encontrado e restaurado.

Adquirido por Elvis em seu período na Alemanha, esse BMW 507 foi do piloto Hans Stuck. Anos depois, voltou para as mãos da BMW , que o utilizou como carro de demonstração até ir parar em uma concessionária em Frankfurt. Em 20 de dezembro de 1958, Elvis passou pela concessionária enquanto estava de folga, fez um test-drive e comprou o carro. Pouco tempo depois, estava guiando o BMW pelas ruas alemãs.

LEIA MAIS: 10 carros nacionais que deixaram saudades. Confira a lista

Elvis mandou pintar o BMW 507 de vermelho, já que as mulheres sempre beijavam o carro ou escreviam mensagens ou seus números de telefone com batom vermelho. Como era difícil tirar as marcas do batom, o jeito de evitar parte do assédio das fãs foi pintar o carro por completo no tom vermelho. Tipo de problema inimaginável que só uma celebridade deste calibre poderia ter.

De alguma forma, o 507 foi parar em uma concessionária da Chrysler em Nova York, onde foi vendido para o apresentador de rádio Tommy Charles em 1962. Charles trocou o motor 3.2 V8 original por um V8 sobrealimentado da Chevrolet, para aumentar sua potência. Também trocou a transmissão e colocou um eixo traseiro da Chevrolet . Quando Castor comprou o conversível em 1968, tinham trocado novamente o motor por um V8 aspirado, também da Chevrolet.

Revivendo uma lenda

Elvis Presley comprou um BMW 507 quando esteve na Alemanha servindo o exército norte-americano. Após décadas desaparecido, conversível foi encontrado e restaurado.
Divulgação/BMW
Elvis Presley comprou um BMW 507 quando esteve na Alemanha servindo o exército norte-americano. Após décadas desaparecido, conversível foi encontrado e restaurado.

Depois que o BMW de Elvis foi descoberto, a própria marca se ofereceu para reformá-lo. O BMW Classic Group começou a restauração em 2014, após muito tempo exposto no museu da marca em Munique (Alemanha). Como Castor faleceu em dezembro do mesmo ano, o carro acabou nas mãos da fabricante, que ainda assim se esforçou para trazer o 507 de volta à forma que tinha quando Elvis o adquiriu.

O BMW 507 por si só é um carro extremamente raro. Apenas 252 unidades foram produzidas, e mais dois protótipos. Para deixar ainda mais especial, apenas 11 deles foram feitos com capota rígida como opcional, cada uma feita a mão especificamente para o veículo que acompanhava – o de Elvis era um desses. E tem mais: a BMW perdia dinheiro com cada 507 produzido, o que quase fez com que a empresa falisse.

Elvis Presley comprou um BMW 507 quando esteve na Alemanha servindo o exército norte-americano. Após décadas desaparecido, conversível foi encontrado e restaurado.
Divulgação/BMW
Elvis Presley comprou um BMW 507 quando esteve na Alemanha servindo o exército norte-americano. Após décadas desaparecido, conversível foi encontrado e restaurado.

A equipe da BMW Classic desmontou o conversível por completo, o que levou uma semana, devido às chapas de alumínio usadas por cima do chassi de aço. Em seguida, foi momento de remover a pintura (havia oito camadas diferentes de tinta). Deram um banho químico para retirar toda a ferrugem. Na hora de pintar, decidiram seguir os desejos do falecido Castor e deixar o carro branco, como Elvis o adquiriu.

Elvis Presley comprou um BMW 507 quando esteve na Alemanha servindo o exército norte-americano. Após décadas desaparecido, conversível foi encontrado e restaurado.
Divulgação/BMW
Elvis Presley comprou um BMW 507 quando esteve na Alemanha servindo o exército norte-americano. Após décadas desaparecido, conversível foi encontrado e restaurado.

O motor foi reconstruído do zero usando peças de reposição, até conseguir recriar por completo o 3.2 V8 de 150 cv que o BMW 507 usava em 1957. Castor já havia conseguido algumas peças original do 507, como a transmissão e o eixo traseiro, o que ajudou no processo. Tiveram até que mexer no cofre do motor, que havia sido cortado para o V8 da Chevrolet caber embaixo do capô.

Elvis Presley comprou um BMW 507 quando esteve na Alemanha servindo o exército norte-americano. Após décadas desaparecido, conversível foi encontrado e restaurado.
Divulgação/BMW
Elvis Presley comprou um BMW 507 quando esteve na Alemanha servindo o exército norte-americano. Após décadas desaparecido, conversível foi encontrado e restaurado.

Todo o processo de restauração levou dois anos. Agora em sua forma original, o BMW 507 Elvis Presley será apresentado no Pebble Beach Concours d’Elegance, o concurso de beleza feito na Califórnia (EUA), no dia 21 de agosto. Depois disso, o BMW 507 não tem destino definido. O mais provável é que fique nas mãos da BMW, para ser exibido no museu em Munique, guardado por quem pode cuidar muito bem dessa raridade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.