Fiat Palio aparece como principal alvo dos ladrões na capital paulista. Confira o ranking feito pela empresa de monitoramento Ituran

Um Fiat Palio prata como este é o mais vistado pelos ladrões segundo o ranking dos carros mais roubados em São Paulo no 1º semestre
Divulgação
Um Fiat Palio prata como este é o mais vistado pelos ladrões segundo o ranking dos carros mais roubados em São Paulo no 1º semestre

Ter um veículo mais comum nas ruas não ajuda tanto na segurança quanto se imagina. Um levantamento feito pela empresa de monitoramento veicular Ituran mostra que os carros mais roubados em São Paulo no 1º semestre de 2016. O campeão foi o Fiat Palio , seguido por Volkswagen Gol e Fiat Uno. O estudo foi feito com base nos dados de 250 mil veículos monitorados pela empresa na Grande São Paulo.

LEIA MAIS: Estepe e bolsas são os itens mais roubados dos carros

Os índices mostram algumas informações interessantes. Os carros mais roubados ficam na faixa de modelos 2010 a 2013, representando 45,52% dos casos. Em seguida ficam os automóveis com ano-modelo 2014 a 2017, 22,31% dos incidentes. Veículos feitos entre 2009 e 2006 representam 19,76%. O restante do ranking é formado pelos veículos de 2005 para trás, com um índice cada vez menor.

LEIA MAIS: Evite furtos no trânsito. Veja 10 dicas de especialista em segurança

A cor também influencia no roubo. Carros pintados de prata ou preto são os mais visados, representando 26,46% e 25,63%, respectivamente – embora isso seja mais pela grande quantidade de veículos com essas cores.  Em seguida vem os carros brancos, 19,17% do total. Cinza e vermelho aparecem em 11% dos casos, cada um. As outras cores aparecem em 6,65% dos incidentes.

Ladrão não vira a noite

Sem nenhuma surpresa, o período mais perigoso é o da noite, quando 40,11% dos casos acontecem. Dos furtos e roubos noturnos, 20,14% deles acontecem entre 21h e 23h, enquanto 19,97% das ocorrências acontecem entre 18h e 20h. Os ladrões não gostam muito de trabalhar de madrugada, preferindo roubar de tarde – roubos entre meia-noite e 5 da manhã representam 9,66% dos casos.

LEIA MAIS: Seguro de carro pode ficar mais em conta.

A região mais perigosa de São Paulo é a Zona Leste, com 9 entre os 10 bairros menos seguros: Guaianazes, Itaim Paulista, Itaquera, Mooca, Parque São Rafael, Penha, São Mateus, Tatuapé e Vila Prudente. O outro bairro na lista é Ipiranga, na Zona Sul. As principais avenidas destas regiões também lideram o ranking de maior índices de roubos. “São vias extensas, de grande circulação de veículos e de fuga rápida”, explica Yaron Littan, presidente da Ituran Brasil.

Entre os carros mais roubados, a maioria dos casos aconteceu na Avenida Sapopemba (Zona Leste), seguida pela Avenida Jacu Pêssego, Avenida Ragueb Chohfi e Avenida Aricanduva. Representando a Zona Sul está a Avenida Cupecê. O resto do ranking é formado pelas avenidas Itaquera, Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Marechal Tito, Nordestina e São Miguel, todas na Zona Leste.

Confira abaixo os 10 carros mais roubados em São Paulo no 1º semestre:

Posição Modelo
Fiat Palio
Volkswagen Gol
Fiat Uno
Ford Fiesta
Volkswagen Fox
Chevrolet Celta
Volkswagen Voyage
Fiat Siena
Chevrolet Corsa
10º Fiat Strada
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.