Ruins de venda, modelos são leiloados com baixa quilometragem. Marca insiste que ainda são fabricados, em menor quantidade

Fiat Bravo
Divulgação
Fiat Bravo

Embora a marca se recuse a confirmar, os modelos Fiat Bravo, Idea e Linea estão com os dias contados. Diversos relatos falavam sobre o fim da produção destes modelos em Betim (MG) e agora aparece mais um indicativo: a Fiat está leiloando 187 unidades do trio, através do site de leilões corporativos Super Bid  – uma boa pedida para quem ainda quer um desses carros e em boas condições.

As ofertas são bem atraentes. Um Fiat Bravo Essence 1.8, versão de entrada do hatch médio, tem preço de tabela de R$ 72.120, enquanto no leilão ele parte de R$ 48.500 – um desconto de R$ 23.620. Se quiser pegar um Bravo mais equipado, o Sporting é leiloado por R$ 59 mil, uma diferença de R$ 21.390. A melhor versão do hatch, o Bravo T-Jet, aparece por R$ 61 mil, um desconto de R$ 30.120 em relação ao preço de tabela.

LEIA MAIS: Flagra! Fiat testa novo motor 1.4 no Palio

O monovolume Fiat Idea também aparece com descontos atraentes. O modelo básico Attractive 1.4 aparece por R$ 37 mil, R$ 17.660 a menos do que os R$ 54.660 cobrados em uma concessionária. Não há leilão de versões 1.8 ou do Idea Adventure . O sedã Linea está na lista, nas versões Essence 1.8 e Absolute 1.8 Dualogic, por R$ 50 mil e R$ 53 mil, respectivamente.

Outro que está no fim da linha, o Fiat Freemont é leiloado por R$ 80 mil, um desconto de R$ 29.590. O crossover é o único modelo do leilão que é 2015/2015 – todos os demais são 2016/2016. É esperado que a Fiat crie um utilitário baseado na picape Toro para entrar no lugar do Freemont , com versões de cinco e sete lugares. Tal modelo, ainda em fase de desenvolvimento, não tem data definida para lançamento, ou mesmo confirmação se será produzido.

LEIA MAIS: Fiat Mobi não nega parentesco com o Uno

O que pode impedir algumas pessoas de comprar é a política do leilão. Os veículos não tem nenhuma garantia e o comprador irá levar os carros do jeito que estiverem. Também será responsabilidade dele arranjar um jeito de retirar o veículo, sem que a Fiat faça qualquer movimento para ajudar.

Ruins de loja

O fim destes modelos não é nenhuma surpresa. Fiat Bravo e Linea nunca conseguiram conquistar o público e vem emplacando cada vez menos – a Fenabrave nem mostra mais o resultado do Bravo . O que faria falta para a Fiat é o Idea , que consegue a terceira colocação entre os monovolumes, embora venda dez vezes menos do que o Honda Fit , campeão do segmento.

Procurada, a Fiat diz que reestruturou a produção da fábrica de Betim (MG), trabalhando com três linhas de montagem. Os veículos de menor procura, como os Fiat Bravo , Idea e Linea terão uma fabricação em menor escala, para dar prioridade a outros automóveis como Doblò e Punto . Como havia muito estoque desses veículos, interromperam a produção por um tempo para ajeitar o estoque.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.