Ideia é facilitar a vida dos clientes da marca com ganho de tempo pelos mesmos preços das concessionárias

Oficina da Audi montada no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo
Carlos Guimarães/iG
Oficina da Audi montada no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo

De olho na concorrência cada vez mais acirrada entre as marcas premium no Brasil a Audi oferece serviço de oficina para os clientes da marca que forem utilizar o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, um dos mais movimentados do Brasil, com a incrível frequência de 535 voos diários. Localizado no piso G2 do estacionamento do aeroporto, o box para reparos mais corriqueiros tem lugar para dois veículos por vez e funciona mediante agendamento pelo número 0800 777 7000.

De acordo com o diretor de pós-vendas da Audi do Brasil, José Septimo Spina, é possível agendar serviços como pequenos reparos na suspensão, freios e direcão, além de troca de óleo, entre outros do gênero. “A ideia é facilitar a vida das pessoas que têm que enfrentar o trânsito pesado do dia a dia e, geralmente, estão sempre com a agenda apertada para levar o carro a uma concessionária”.

LEIA MAIS: Audi Q3 Attration 1.4 TFSI tem o básico do luxo. Leia a avaliação

 Ainda  segundo Spina, em torno de 660 carros da Audi passam mensalmente por Congonhas todos os meses. E a meta inicial é de atender entre 150 e 200 veículos mensalmente, entre as 6h e 23h, de segunda a sexta, já que, pelo menos por enquanto, os finais de semana ficarão reservados apenas para a entrega de carros com os serviços já finalizados. Vale lembrar que os clientes que utilizarem a oficina da durante o tempo em que o carro ficar no estacionamento terão que arcar com os custos das diárias. Como cortesia, a Audi oferece o serviço de valet.

De acordo com o executivo, o serviço de oficina em Congonhas está sendo oferecido em parceria com o Grupo Eurobike e os preços praticados serão os mesmos das concessionárias, para onde os carros podem seguir de plataforma, caso seja necessário executar algum serviço mais complexo. Neste caso, o cilente será avisado. E além dos reparos necessários, todos os carros terão lavagem a seco.

LEIA MAIS:  Audi RS3: foguete terra-terra. Aceleramos o esportivo em Interlagos

Liderança entre as marcas premium

O presidente da Audi do Brasil , Jörg Hofman, esteve com a imprensa durante a manhã desta quarta-feira (17), durante a apresentação do Audi Airport Service e deu alguns números do desempenho da marca no Brasil.  Segundo ele, a Audi é líder de vendas no mercado de carros de luxo no País, conta com 50 pontos de pós-venda espalhados pelo País e tem observado um crescimento das suas vendas nos últimos anos.

Em 2013, eram exatos 27.405 carros, volume que passou para 32.204 no ano seguinte e atingiu 43.394 em 2015. Para 2016, a projeção é de que consiga ultrapassar as 59.500 unidades, o que representaria um crescimento de 37% na comparação com o resultado do ano passado. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.