Marcas irão apostar nos SUVs como novidades para o evento. Confira os 10 principais modelos confirmados para a feira

Em pleno crescimento, o segmento dos utilitários  esportivos está dominando a preferência do brasileiro, o que está mexendo na estratégia das marcas. A maioria delas tem, pelo menos, um SUV para apresentar no Salão do Automóvel, em novembro, seja um modelo completamente novo ou reestilizado. Separamos as 10 principais novidades do evento que já foram confirmadas, seja por fontes ou pela própria fabricante.

Deixamos de fora alguns modelos. O Honda WR-V , um dos mais importantes e que deve estar no Salão do Automóvel, tem aparecido em flagras e mostrado um design mais perto de uma versão cross do Fit do que um SUV. Os chineses também tem novidades: a Lifan vai mostrar o X60 reestilizado, enquanto a JA C terá o T5 nacional, ambos com o novo câmbio CVT. Como são carros de menor volume de vendas, fica apenas a citação.

LEIA MAIS: 10 novidades que estarão no Salão do Automóvel 2016

Chevrolet Tracker

Chevrolet Tracker
Divulgação
Chevrolet Tracker

A Chevrolet apresentou o Tracker reestilizado em outro Salão do Automóvel, o de Detroit (EUA), em janeiro. O SUV compacto ganhou um design inspirado na segunda geração do sedã Cruze  e, para os gringos, terá o mesmo motor 1.4 turbo, de 153 cv na versão topo de linha, mantendo o 1.8, de 144 cv no modelo básico. Essa motorização é dúvida no Brasil, já que o motor flex do Cruze é feito na Argentina.

LEIA MAIS: Fomos até o novo local do Salão do Automóvel. Veja os detalhes

Hyundai Creta

Hyundai ix25, conhecido como Creta em alguns mercados
Divulgação
Hyundai ix25, conhecido como Creta em alguns mercados

Após muito tempo de espera, o Hyundai ix25 finalmente será apresentado oficialmente no Brasil e deve ser uma das novidades de maior destaque no Salão do Automóvel, embora a fabricante insista em negar essa informação. Baseado no HB20 , o SUV terá o mesmo motor 1.6 flex de 128 cv, combinado ao câmbio automático de seis marchas que já equipa hatch e sedã. A produção será em Piracicaba (SP), chegando às lojas com preços a partir de R$ 70 mil para brigar com Honda HR-V , Nissan Kicks e Jeep Renegade .

Hyundai Tucson

A nova geração do Hyundai Tucson será produzida no Brasil, aposentando o antigo Tucson ainda fabricado em Anápolis (GO).
Divulgação/Hyundai
A nova geração do Hyundai Tucson será produzida no Brasil, aposentando o antigo Tucson ainda fabricado em Anápolis (GO).

Logo acima do Hyundai ix25 estará o novo Hyundai Tucson . A terceira geração do SUV chega ao País um ano depois do lançamento no exterior, aposentando o ix35 (nome que não será mais utilizado). A expectativa é que seja produzido em Anápolis (GO), aproveitando o lançamento do ix25 para aposentar o antigo Tucson , fabricado no Brasil desde 2005. Como o ix25 será o SUV mais barato da marca, o Tucson vai ficar com o preço na casa dos R$ 130 mil.

Jeep Compass

Jeep Compass
Divulgação/Jeep
Jeep Compass

Como revelado por iG Carros com exclusividade, o novo Jeep Compass  será lançado no fim de setembro. Ainda assim, estará no Salão do Automóvel, para ajudar a criar mais desejo pelo novo SUV nacional em seu início de vida. Será produzido em Goiana (PE), usando a mesma base do Renegade e da picape Fiat Toro , com preços na casa dos R$ 100 mil para mantê-lo entre o Renegade e o Cherokee .

Peugeot 2008 Crossway

O Peugeot 2008 Crossway é uma versão aventureira do SUV, com apliques de plástico nas caixas de rodas e suspensão mais alta.
Divulgação/Peugeot
O Peugeot 2008 Crossway é uma versão aventureira do SUV, com apliques de plástico nas caixas de rodas e suspensão mais alta.

A novidade da Peugeot para o Salão do Automóvel será o 2008 Crossway , uma nova versão do SUV com detalhes visuais que o deixam com cara de carro off-road, como moldura sobre as caixas de rodas e adesivos pretos nas laterais.  O modelo aventureiro do 2008 irá usar o mesmo motor 1.6 de 122 cv e câmbio automático de quatro marchas e terá os mesmos equipamentos que a configuração intermediária Griffe.

Renault Captur

Renault Captur
Divulgação
Renault Captur

Quem está de olho no segmento dos utilitários é a Renault, com dois lançamentos marcados. O primeiro SUV é o Captur , cuja produção nacional será em São José dos Pinhais (PR) e será posicionado como uma opção premium acima do Duster , com preços partindo da casa dos R$ 75 mil. Terá novas versões do 1.6 e 2.0, combinadas ao câmbio CVT – nada da caixa automática de quatro marchas.

Renault Koleos

Renault Koleos
Divulgação
Renault Koleos

Previsto apenas para o começo de 2017, o Renault Koleos será a opção mais cara de SUV da marca francesa. Virá importado da Coreia do Sul em versão única, com motor 2.5 de 172 cv, câmbio CVT e tração integral, apostando em uma lista de equipamentos mais completa. Tem 4,67 metros de comprimento, o que o coloca para brigar com Hyundai Santa Fe , Kia Sorento e Mitsubishi Pajero Dakar , na faixa de preço dos R$ 150 mil

Suzuki Vitara

Apresentado em 2014, o Suzuki Vitara chega ao Brasil no 2º semestre de 2016, com estreia marcada para o Salão do Automóvel, em novembro.
Divulgação/Suzuki
Apresentado em 2014, o Suzuki Vitara chega ao Brasil no 2º semestre de 2016, com estreia marcada para o Salão do Automóvel, em novembro.

A Suzuki já prometeu o novo Vitara para este ano, aparecendo primeiro no Salão do Automóvel. O pequeno SUV tem 4,17 metros de comprimento e deve chegar inicialmente na versão com motor 1.6 a gasolina de 120 cv e 15,9 kgfm – o 1.4 turbo de 140 cv é dúvida. O difícil será a Suzuki posicionar esse carro sem que brigue com o S-Cross , atualmente vendido a partir de R$ 79.300.

Toyota C-HR

Toyota C-HR
Divulgação/Toyota
Toyota C-HR

O Toyota C-HR i rá surpreender muitos visitantes no Salão do Automóvel com seu visual mais arrojado, ainda mais para um SUV. Embora a marca ainda faça segredo, o utilitário deve chegar primeiramente importado, já que as fábricas no Brasil não estão prontas para produzir os carros com a plataforma TNGA (a mesma do Prius). Como vem de fora, pode aparecer com o conjunto híbrido de 122 cv, o 1.2 turbo de 116 cv ou usar o 2.0 de 153 cv do Corolla nacional.

Lifan X60 CVT

Lifan X60
Carlos Guimarães/iG
Lifan X60

O carro chinês mais vendido do Brasil finalmente chegará ao País com câmbio automático do tipo CVT. De quebra, o SUV ganhará retoques no desenho, o que inclui nova grade frontal bipartida, além de luzes de diurnas embutidas no para-choque dianteira e faróis retocados. Atrás, as lanternas tiveram mudanças discretas, assim como o interior, que continua bem espaçoso, mas com poucas novidades. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.