Dá para encontrar picapes com até 3 anos de uso e 30 mil km por R$ 55 mil. Conheça as melhores opções de picapes seminovas à venda

Comprar picapes no Brasil é algo difícil. Quem pode (ou quer) gastar pouco, tem que procurar por uma das picapinhas como Fiat Strada e Volkswagen Saveiro . Para ter mais espaço, teria que ir atrás de uma caminhonete média, como Chevrolet S10 e Toyota Hilux . Entre elas, apareceu ainda um novo segmento, dos modelos intermediários chamados de Sport Utility Pick-Ups (SUP), com Fiat Toro e Renault Duster Oroch .

LEIA MAIS: Nova picape Renault Alaskan é revelada e virá ao Brasil

Isso não significa que tenha ficado fácil. As picapes médias não saem por menos de R$ 100 mil. A de menor valor é a Chevrolet S10, com preço de tabela de R$ 99.300. E a variedade abaixo desse valor é pequena. Uma Fiat Strada básica custa R$ 45.240, tão pelada quanto comprar um Palio Fire ou Mobi pelo menor preço. Entre as duas opções de caminhonetes intermediárias, a mais em conta é a Renault Duster Oroch, por R$ 67.400.

O jeito é partir para as picapes seminovas. É possível encontrar boas ofertas com até 3 anos de uso, limite de 30 mil quilômetros rodados e por, no máximo, R$ 55 mil . Por esse preço, o máximo que conseguimos no mercado de novos pelo valor de tabela são versões de cabine estendida da Fiat Strada e Volkswagen Saveiro. Se procurar com calma, dá até para subir para uma caminhonete média. Confira cinco boas escolhas de picapes seminovas:

Chevrolet S10

Antiga líder entre as picapes médias, a Chevrolet S10 é uma boa pedida por até R$ 55 mil com até três anos de uso.
Divulgação/General Motors
Antiga líder entre as picapes médias, a Chevrolet S10 é uma boa pedida por até R$ 55 mil com até três anos de uso.

Sim, dá para comprar picapes médias por até R$ 55 mil. Claro, não será uma versão bem equipada, mas se sua prioridade é uma caçamba espaçosa, serve como uma luva. Em média, o valor fica na casa dos R$ 52 mil. No entanto, procurando com calma, dá para encontrar até abaixo dos R$ 50 mil. Por esse preço, encontramos sempre a Chevrolet S10 LT 4x2 Cabine Simples, com o motor 2.4 flex de 147 cv e 24,1 kgfm de torque, combinada ao câmbio manual de cinco marchas. E não fica devendo tanto assim nos equipamentos, com ar-condicionado, computador de bordo, banco com regulagem de altura, travas e vidros elétricos, e rádio com mp3.

LEIA MAIS: Fiat Toro Freedom 2.0 turbodiesel: o lado mais série da nova picape

Fiat Strada

Uma Fiat Strada pelada por R$ 45 mil ou a versão completa com três anos de uso por R$ 55 mil?
Divulgação/Fiat
Uma Fiat Strada pelada por R$ 45 mil ou a versão completa com três anos de uso por R$ 55 mil?

Líder de vendas entre todas as picapes , a Fiat Strada é o exemplo para resolver a dúvida entre seminovo e novo. A conta é simples: Uma Strada nova custa R$ 45 mil, com motor 1.4 e cabine simples, subindo para R$ 49 mil com cabine estendida e R$ 56 mil com a cabine dupla de três portas. Nas revendas, encontramos a picape por, em média, R$ 52 mil na configuração Adventure com cabine dupla e o motor 1.8, de 132 cv e 18,9 kgfm. Se fizer questão de comprar com o câmbio automatizado, dá para encontrar até por menos de R$ 50 mil. Mas, ouça nossa dica: fique com a manual.

Ford Ranger

Mesmo na configuração XLS, a Ford Ranger conta com mais equipamentos do que muito carro de entrada por aí.
Divulgação/Ford
Mesmo na configuração XLS, a Ford Ranger conta com mais equipamentos do que muito carro de entrada por aí.

Outra boa opção de picape média por até R$ 55 mil é a Ford Ranger . É um pouco mais cara do que a S10, por R$ 53 mil, além de ser um pouco mais difícil de encontrar. Mas vale a pena, já que mesmo a versão XLS cabine simples vem bem equipada, com trio elétrico, rodas de liga leve, ar-condicionado, banco e volante com regulagem de altura e retrovisores elétricos. Se procurar com calma, dá para achar um modelo 2014, com computador de bordo e sensor de estacionamento.  O motor é o 2.5 flex de 173 cv e 24,8 kgfm de torque, com etanol.

LEIA MAIS: Volkswagen confirma Amarok renovada e com motor V6 para América Latina

Peugeot Hoggar

Ruim de vendas, a Peugeot Hoggar teve uma morte prematura, mesmo sendo uma das picapes pequenas mais legais de dirigir.
Divulgação/Peugeot
Ruim de vendas, a Peugeot Hoggar teve uma morte prematura, mesmo sendo uma das picapes pequenas mais legais de dirigir.

É a opção mais em conta da lista por um motivo simples: A Peugeot Hoggar não existe mais. Era um modelo que vendeu pouco em toda sua vida nas lojas, culpa da reputação que a marca tinha com o pós-venda na época. É uma picape que anda como se fosse hatchback, usando o motor 1.4 de 82 cv e 12,8 kgfm de torque. Custa bem menos, já que aparece na média de R$ 25 mil e tem que procurar bem para encontrar uma versão que venha até mesmo com ar-condicionado. É para quem quer gastar bem pouco mesmo e não se importa com o trabalho que vai ter para revender daqui há alguns anos.

Volkswagen Saveiro

Por R$ 54 mil, dá para levar para casa uma Volkswagen Saveiro Cross, com motor 1.6 mais potente, controle de estabilidade e assistente de partida em rampas.
Divulgação/Volkswagen
Por R$ 54 mil, dá para levar para casa uma Volkswagen Saveiro Cross, com motor 1.6 mais potente, controle de estabilidade e assistente de partida em rampas.

Eterna rival da Fiat Strada pela liderança no segmento das picapes pequenas, a Volkswagen Saveiro é outra que repete a fórmula de oferecer mais por menos nas revendas. Por R$ 54 mil, dá para levar para casa a versão Cross Cabine Dupla e com o motor 1.6 MSI, mais forte do que o 1.6 normal, de 120 cv e 16,8 kgfm de torque. Como é a versão topo de linha, vem com uma boa lista de equipamentos, com ar-condicionado, computador de bordo, retrovisores elétricos, rodas de liga leve, sensor de estacionamento, controle de estabilidade, assistente de partida em rampas, banco e volante com regulagem de altura e trio elétrico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.