Marca francesa já mostrou detalhes dos três principais modelos que vai mostrar no evento, em São Paulo, entre 10 e 20 de novembro

Já está acertado o que a Renault vai mostrar de novidade no Salão do  Automóvel, em São Paulo, entre os dias 10 e 20 de novembro. A marca vai aproveitar a oportunidade para apresentar três modelos que serão lançados entre o final desse ano e o início de 2017 em segmentos distintos. Todos são bem importante para a renovação da linha da marca francesa, cujo último grande lançamento foi o da picape Oroch , em setembro do ano passado.

Kwid ficará no lugar do Clio

Renault Kwid
divulgação/Renault
Renault Kwid

 Com o fim da produção do veterano Clio , que vinha importado da Argentina, a Renault passará a oferecer o pequeno Kwid , que receberá uma série de mudanças em relação à versão Indiana. As mudanças serão aplicadas, principalmente, na parte estrutural para garantir mais segurança em caso de colisão. Além disso, o carro será o primeiro popular a vir com quatro airbags de série (dois frontais e dois laterais).

LEIA MAIS: Nova picape Renault Alaskan é revelada. Chega ao Brasil em 2018

Pelo o que se sabe até agora, o Kwid será vendido no Brasil com um novo motor 1.0, de três cilindros,  diferente do usado pela Nissan na dupla March e Versa. Além disso, pelo fato de ter uma distância livre do solo um pouco maior que a dos principais rivais, a marca vai querer vender o carro como um SUV de entrada, embora esteja mais para hatch compacto com certo apelo aventureiro.

Captur nacional entrará na briga dos SUVs

Renault Captur
Divulgação
Renault Captur

 A briga entre os SUVs compactos no Brasil está cada vez mais acirrada e a marca francesa já se convenceu que precisa de algo mais atraente que o Duster para poder entrar no pareo com mais força. Por isso, vai apostar numa versão simplificada do Captur vendido na Europa. Trata-se do mesmo carro que já foi lançado na Rússia como Kaptur (com K). O  Captur  emergente é feito sobre a base do Duster  e conta com distância entre-eixos mais longa e maior espaço no porta-malas, exigência em mercados como o brasileiro e o russo

LEIA MAIS: Renault Kangoo sai de linha para dar espaço ao Dokker

São 4,33 metros de comprimento por 1,81 m de largura, 1,61 m de altura e 2,67 m de entre-eixos. Ainda segundo a fabricante, a distância livre do solo é de 20,4 centímetros e o porta-malas conta com 387 litros sem o rebatimento dos encostos dos bancos traseiros. Com esse recurso, pode chegar a 1.200 litros. Os motores também serão os mesmos do Duster , mas no lugar do câmbio automático de quatro marchas haverá uma CVT. Os preços deverão partir de algo em torno de R$ 75 mil, chegando na casa dos R$ 90 na versão mais bem equipada.

Koleos chegará com ares sofisticados

Renault Koleos
Divulgação
Renault Koleos

Aproveitando a onda favorável aos SUVs no meio da difícil situação do mercado automotive atualmente, a Renault vai trazer o sofisticado Koleos ao Brasil em 2017. E vai mostrar o carro pela primeira vez ao público no País durante o Salão do Automóvel, em São Paulo. O carro tem 4,67 metros de comprimento e sera vendido em versão única, com motor 2.5, de 172 cv e tração integral, com preços entre R$ 150 mil e R$ 160 mil. A ideia é oferecer um SUV sofisticado para poder entrar na briga com  Honda CR-VHyundai SantaFeLand Rover Discovery Sport  e companhia. 

LEIA MAIS:  Renault prepara Kwid 1.0 com câmbio automatizado

Por isso, a novidade chegarará importada da França com o máximo de equipamentos possível. Entre outros itens, espera-se que a lista inclua sistema multimídia R-Link 2 com GPS, rodas de até 19 polegadas de diâmetro, bancos com seis opções de ajustes por comando elétrico, aquecidos e ventilação integrada, faróis full LED, porta-malas configurável (para até 600 litros), entre outros itens, como o que gira o volante sozinho em manobras de estacionamento, além de som de alta fidelidade e alertas para mudança indevida de faixa e para pontos cegos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.