Sedã de entrada da marca, Fiat Siena EL sai do configurador no site. Saiba tudo sobre os modelos que irão substituir o Fiat Siena EL, Palio, Punto e Linea

O Fiat Siena EL era a primeira geração do sedã, ainda vendida no Brasil como uma opção de entrada, da mesma forma que o Palio Fire.
Divulgação/Fiat
O Fiat Siena EL era a primeira geração do sedã, ainda vendida no Brasil como uma opção de entrada, da mesma forma que o Palio Fire.

O Fiat Siena EL deixa de ser oferecido no configurador da marca no site, indicado o fim da venda do sedã. Quando a empresa lançou a nova geração, chamada Grand Siena , manteve a versão anterior à venda como um modelo de entrada, mesma estratégia ainda utilizada pelo Palio e Palio Fire – embora o último esteja com os dias contados, para dar espaço ao Fiat Mobi como carro de entrada.

Até então, o Fiat Siena EL era vendido por R$ 36.800, na versão 1.0 de 75 cv e 9,9 kgfm, e R$ 39.610 com motor 1.4 de 86 cv e 12,5 kgfm, com etanol, sempre com câmbio manual de cinco marchas. O câmbio automatizado Dualogic foi oferecido por um tempo, mas acabou retirado da linha do sedã para manter os preços baixos e dar preferência ao Grand Siena com essa transmissão.

LEIA MAIS: Fiat lança linha 2017 do Punto. Versão T-Jet sai de linha

Linha reduzida

A movimentação faz parte da nova estratégia da Fiat, que irá trabalhar com uma linha bem mais enxuta no futuro. A marca trabalha em uma nova geração de veículos, chamada internamente de X6 e que irá aposentar Palio , Punto , Siena e Linea de uma vez só. O hatchback e o sedã terão um design inspirado na nova linha Tipo da Europa, tanto no desenho externo quanto na cabine.

O hatchback X6H será produzido em Betim (MG), marcando a volta do compacto ao Brasil, que atualmente é feito na Argentina, na mesma linha de onde saía o Fiat Siena EL. Os hermanos serão responsáveis pelo sedã X6S. Ambos serão feitos com a plataforma 326 do Palio e Grand Siena , mas com as alterações usadas pelo sedã para que fique mais longa – o hatch deve contar com 2,51 metros de entre-eixos e quase 4 m de comprimento.

LEIA MAIS: Fiat apresenta nova geração do Tipo no Salão de Genebra

Sob o capô estará o novo motor 1.3 Firefly , que estreou em setembro no Uno reestilizado. Gera 109 cv e 14,2 kgfm de torque, com etanol. Será usado nas versões mais baratas dos novos Palio e Siena , com câmbio manual de cinco marchas, oferecendo também o automatizado Dualogic Plus. Nos modelos mais caros deve aparecer o motor 1.8 E.torQ EVO da picape Toro , de 139 cv e 19,2 kgfm, tanto com o câmbio manual de cinco marchas quanto com o automático de seis que equipa o Jeep Renegade .

Fiat Palio 2017 chega mais equipado às lojas a partir de R$ 42.410

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.