Mesmo com a altura e o peso maior, um SUV pode ter bom rendimento. Veja qual é o SUV flex mais econômico do Brasil pelo teste oficial do Inmetro

Ter um utilitário esportivo é o sonho automotivo de muita gente, por seu porte, ar de carro capaz de fazer trilha e posição de dirigir mais alta. Só que esses atributos tem um custo: costumam ser mais pesados e com uma aerodinâmica mais complicada, o que reflete no consumo de combustível. Sendo assim,  a reportagem de iG Carros  fez um levantamento para descobrir quais são  os SUVs mais econômicos do Brasil, segundo o Inmetro.

O critério do ranking é o mesmo que já utilizamos em outras listas, dando prioridade para o consumo com gasolina no ciclo rodoviário. Essa escolha foi feita porque o derivado de petróleo rende mais do que com etanol e o rendimento nas cidades pode variar mais de acordo com o trânsito e condições da via. Para evitar que algum SUV a diesel desequilibrasse o ranking, decidimos incluir apenas motores com tecnologia flex. Colocamos apenas a versão mais econômica de cada veículo, evitando repetições.

LEIA MAIS: Conheça 10 SUVs que serão apresentados no Salão do Automóvel

1º - Nissan Kicks

O Nissan Kicks é o SUV flex mais econômico do país e pode subir ainda mais no ranking,quando chegar o modelo com câmbio manual
Divulgação/Nissan
O Nissan Kicks é o SUV flex mais econômico do país e pode subir ainda mais no ranking,quando chegar o modelo com câmbio manual

                 Gas olina

               Etano l

  Cida de

    Estra da

    Cida de

    Estra da

  13,2 km/l

   13,7 km/l

  8,1 km/l

   9,6 km/l

Recém-chegado, o Nissan Kicks pode se orgulhar de ser o SUV mais econômico do país. Tem a seu favor o uso do câmbio CVT bem acertado para a economia, o baixo peso de apenas 1.142 kg e o motor 1.6 de 114 cv. Atualmente em versão única por R$ 89.990, pode se distanciar ainda mais dos rivais com a chegada das versões mais baratas, previstas para o início de 2017 e que devem adotar uma transmissão manual de cinco marchas, a mesma dos demais carros da marca.

2º - Peugeot 2008 Griffe THP

Quando equipado com o motor 1.6 turbo, o Peugeot 2008 torna-se um ótimo SUV para dirigir e com um bom nível de consumo.
Divulgação
Quando equipado com o motor 1.6 turbo, o Peugeot 2008 torna-se um ótimo SUV para dirigir e com um bom nível de consumo.

                Gas olina

               Etano l

  Cida de

    Estra da

    Cida de

    Estra da

  12,5 km/l

   13,5 km/l

  8,4 km/l

   9,3 km/l

A melhor versão do Peugeot 2008 também é a mais econômica. Quando equipado com o motor 1.6 THP de 173 cv, que só pode ser combinado ao câmbio manual de seis marchas, o SUV fica bem mais divertido de dirigir, rápido e menos beberrão. O lado ruim é que essa é a versão topo de linha, com preço sugerido de R$ 86.790 e não existe modelo com o motor turbo e câmbio automático.

LEIA MAIS:  Veja 5 SUVs seminovos que custam até R$ 50 mil

3º - Honda HR-V LX manual

O campeão de vendas Honda HR-V ficou na terceira colocação, graças à versão com transmissão manual.
Divulgação
O campeão de vendas Honda HR-V ficou na terceira colocação, graças à versão com transmissão manual.

                Gas olina

               Etano l

  Cida de

    Estra da

    Cida de

    Estra da

  10 km/l

   12,5 km/l

  6,7 km/l

   8,6 km/l

O queridinho dos utilitários esportivos compactos, o Honda HR-V tem um bom rendimento quando faz a combinação do motor 1.8, de 140 cv, com o câmbio manual de seis marchas, embora a diferença seja bem pequena em relação ao modelo com a transmissão CVT. Só que essa é a versão de entrada LX, por R$ 79.900.  Se por um lado, é a mais barata, por outro, é a menos equipada da linha.

4º - Ford EcoSport 1.6 SE PowerShift

Prestes a mudar, o Ford EcoSport é o quarto no ranking, desde que esteja com o motor 1.6 Sigma TiVCT e o câmbio PowerShift.
Divulgação
Prestes a mudar, o Ford EcoSport é o quarto no ranking, desde que esteja com o motor 1.6 Sigma TiVCT e o câmbio PowerShift.

                Gas olina

               Etano l

  Cida de

    Estra da

    Cida de

    Estra da

  10,2 km/l

   12,1 km/l

  7,2 km/l

   8,3 km/l

O Ford EcoSport pode ter ficado em segundo plano com a chegada dos rivais, mas não fica devendo em nada no rendimento energético. As versões com o polêmico câmbio automatizado PowerShift, de dupla embreagem, usam um motor mais moderno, o 1.6 Sigma TiVCT, com duplo comando de válvulas. Isso favorece os modelos com essa configuração, mais econômicos na estrada do que os que usam o 1.6 Sigma com câmbio manual.

LEIA MAIS:  Veja 5 SUVs seminovos feitos para levar até 7 ocupantes a bordo

5º - JAC T5

Tem chinês na lista. O JAC T5, futuro nacional, teve um bom rendimento com o câmbio manual. Em breve, terá CVT também.
Divulgação
Tem chinês na lista. O JAC T5, futuro nacional, teve um bom rendimento com o câmbio manual. Em breve, terá CVT também.

                Gas olina

               Etano l

  Cida de

    Estra da

    Cida de

    Estra da

  9,6 km/l

   12,2 km/l

  6,8 km/l

   8,2 km/l

Quer uma prova de que os carros chineses estão ficando cada vez melhores? Aqui está, com o JAC T5 na quinta posição, superando muitos outros modelos mais conhecidos. O SUV usa o motor 1.5, de 127 cv, e câmbio manual de seis marchas, com preços a partir de R$ 66.990. Em novembro receberá uma versão com transmissão CVT, montada em Camaçari (BA), tornando-se o único carro da marca a ser feito no Brasil, em regime de CKD. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.