Com sete lugares, Volkswagen Atlas terá motor 3.6 V6 de mais de 300 cv e chega às lojas nos EUA em meados de 2017

O conceito CrossBlue serviu de base para a criação do Volkswagen Atlas, novo SUV de sete lugares que ficará acima do Touareg.
Divulgação/Volkswagen
O conceito CrossBlue serviu de base para a criação do Volkswagen Atlas, novo SUV de sete lugares que ficará acima do Touareg.

A Volkswagen prepara um SUV de grande porte e com capacidade para sete passageiros, que será lançado nos Estados Unidos em meados de 2017. O modelo deve ser batizado como Atlas e, até o momento, será exclusivo para o país, produzido na fábrica em Chattanooga (no estado do Tennessee). Sua estreia está confirmada para o próximo dia 27, quando será apresentado na Califórnia.

LEIA MAIS: Volkswagen Golf renovado será apresentado em novembro

Antecipado pelo conceito CrossBlue do salão de Detroit de 2013, as imagens reveladas pela marca mostram que o Volkswagen Atlas irá manter boa parte do design visto no protótipo. Essas linhas foram confirmadas com as primeiras fotos do Teramont, seu equivalente na China. A grade e os faróis estão lado a lado, com as hastes cromadas formando uma linha com as luzes em LED. A traseira segue o mesmo estilo dos demais carros da fabricante, com lanternas que lembram a do Fox.

O Volkswagen Atlas tem um equivalente chinês chamado Teramont, com o mesmo design. O que muda é o motor do modelo oriental, que usa um 2.0 TSI de 180 cv.
Reprodução
O Volkswagen Atlas tem um equivalente chinês chamado Teramont, com o mesmo design. O que muda é o motor do modelo oriental, que usa um 2.0 TSI de 180 cv.

Embora ainda não tenham confirmado o nome Atlas, tudo aponta que este será mesmo a forma como o utilitário será chamado. Em abril, a imprensa norte-americana descobriu que a Volkswagen havia registrado esse nome e o chefão da marca no país revelou em entrevistas que o novo modelo teria um nome “mais fácil de pronunciar e no estilo americano”. Isso quebra a tradição de usar nomes com a letra T, como no Tiguan e Touareg – embora na China utilize o nome Teramont.

LEIA MAIS: Carro elétrico popular da Volkswagen chega às lojas em 2020

Construído sobre a plataforma MQB, a mesma do Volkswagen Golf , o Atlas deve ser o primeiro a utilizar o novo motor 3.6 V6 FSI com mais de 300 cv, enquanto a versão chinesa é equipado com o 2.0 TSI de 180 cv e 32,5 kgfm. Terá tração dianteira, com a opção de tração integral 4Motion nos modelos mais caros.

LEIA MAIS: Volkswagen terá 50 carros antigos no Salão do Automóvel

Tiguan só em 2017

Logo após a chegada do Volkswagen Atlas, os norte-americanos receberão a nova geração do Tiguan, produzida no México. A fábrica em Puebla passou por uma ampliação e está pronta para iniciar sua operação. Quando as lojas nos EUA estiverem bem abastecidas, será a vez da América Latina dar boas vindas ao SUV, incluindo o Brasil. No entanto, isso só deve acontecer no segundo semestre de 2017, o que exclui sua participação no Salão do Automóvel, em novembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.