Sedã feito entre outubro de 2007 a dezembro de 2009 terá que ter substituído o deflagrador da bolsa do airbag dianteiro, do lado do passageiro

Toyota Corolla GLi 1.8 2007
Divulgação/Toyota
Toyota Corolla GLi 1.8 2007

A Toyota do Brasil divulga que começa a campanha de recall de 97.796 unidades do sedã Corolla fabricadas entre os dias 24 de outubro de 2007 e 23 de dezembro de 2009 por causa do risco do airbag dianteiro, do lado do passageiro, ser deflagrado de maneira inadequada depois de exposto à altas temperaturas e muita umidade em caso de colisão do veículo, o que pode provocar a dispersão de fragmentos de metal da carcaça do deflagrador, juntamente com a bolsa, e causar lesões físicas graves, ou até mesmo fatais, ao passageiro dianteiro e aos demais ocupantes do veículo.

LEIA MAIS: Toyota Corolla faz 50 anos com 44 milhões de unidades vendidas

De acordo com a fabricante, por causa do defeito apresentado, existem chances de ocorrerem danos materiais e lesões físicas graves ou até mesmo fatais ao motorista e aos demais ocupantes do veículo, no caso de colisão frontal que provoque a deflagração da bolsa do airbag. Por isso, a Toyota vai tomar medidas corretivas em duas etapas.

O que será feito

Na primeira, com início em 1º de novembro de 2016, sera feita a desativação da bolsa do airbag dianteiro do passageiro e a fixação de etiqueta adesiva no painel do veículo, por meio da qual o consumidor será alertado sobre a desativação temporária do airbag.

LEIA MAIS:  Toyota confirma que Corolla e Etios terão controle eletrônico de estabilidade

E na outra, com início em 23 de janeiro de 2017, a fabricante vai providenciar a substituição do deflagrador, reativação da bolsa do airbag dianteiro do passageiro e a remoção da etiqueta de alerta.

 Os proprietários deverão entrar em contato com a Rede de Concessionárias Autorizadas Toyota, para agendamento prévio. A relação de concessionárias autorizadas para atendimento está disponível no site  www.toyota.com.br .

LEIA MAIS:  Toyota Corolla vende mais que a soma dos outros 9 sedãs médios mais vendidos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.