Versão chinesa do Kicks terá mesmo motor que o SUV maior Qashqai. Veja mais sobre o carro que será feito na China e quando chega o nacional

Em sua configuração intermediária, o Nissan Kicks perde as câmeras de visão 360° e troca os bancos de couro por tecido.
Nicolas Tavares/iG Carros
Em sua configuração intermediária, o Nissan Kicks perde as câmeras de visão 360° e troca os bancos de couro por tecido.

O Nissan Kicks pode ter sido projetado no Brasil, mas nasceu com a ideia de tornar-se um carro global. Embora a marca afirme que será vendido em mais de 80 países, ainda escondem o jogo sem dizer em quais mercados. Um deles já foi descoberto, com o surgimento de imagens de patente do SUV na China, divulgadas pelo site iFeng. Os primeiros rumores falam que deve receber um motor 1.2 turbo de 116 cv.

LEIA MAIS: Nissan Kicks: aceleramos o SUV rival de Honda HR-V, Jeep Renegade e cia

Produzido localmente pela parceria Dongfeng-Nissan, o Kicks oriental terá o mesmo design usado no Brasil, sem mudanças específicas para o país (mas não descarte a chance de aparecer alguns detalhes cromados exclusivos). Terá uma posição importante na estratégia da marca por lá, onde pretendem lançar 15 novos veículos entre 2016 e 2020. A ofensiva começou em 2015, com a apresentação do utilitário médio Qashqai .

Na China, o Nissan Kicks será produzido em parceria com a Dongfeng e deve contar com motor 1.2 turbo de 116 cv.
Reprodução/iFeng
Na China, o Nissan Kicks será produzido em parceria com a Dongfeng e deve contar com motor 1.2 turbo de 116 cv.

O que fará os brasileiros terem inveja é o possível novo motor que estará no Kicks chinês e na Europa, o 1.2 DIG-T turbo de 116 cv e 19,4 kgfm de torque. Essa motorização é a mesma da versão de entrada do Qashqai , SUV posicionado logo acima do Kicks . Deve ser combinado ao câmbio manual de cinco marchas ou o CVT Xtronic. Por aqui, o crossover deve seguir apenas com o 1.6 flex de 114 cv, uma versão atualizada do motor que equipa March e Versa , combinado ao câmbio CVT - só terá transmissão manual na versão de entrada.

LEIA MAIS: Nissan começa preparação para produzir o Kicks no Brasil

Nacional, só em março

Os funcionários da fábrica em Resende (RJ) continuam a passar por treinamento para produzir o Kicks. Terminaram de fazer a primeira pintura em dois tons.
Divulgação/Nissan
Os funcionários da fábrica em Resende (RJ) continuam a passar por treinamento para produzir o Kicks. Terminaram de fazer a primeira pintura em dois tons.

Enquanto isso, aqui no Brasil, continuamos a esperar pela chegada do Nissan Kicks nacional. A equipe da fábrica em Resende (RJ) continua a passar pelo treinamento para o início da produção. A última etapa concluída foi a pintura em dois tons da primeira carroceria. Segundo apurou a reportagem de iG Carros com fontes ligadas à fabricante, a produção está prevista para março de 2017, chegando às concessionárias em abril. Só então teremos o Kicks na versão de entrada, com câmbio manual.

LEIA MAIS: os 5 SUVs Flex mais econômicos do Brasil

Fonte: iFeng

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.