Lista conta com modelos que vão ser vendidos no Brasil, como Peugeot 3008, Mercedes-Benz Classe E, Volvo S90 e Toyota CH-R

Os finalistas ao tradicional prêmio do Carro do Ano na Europa são revelados. A relação dos carros inclui alguns que estão com passaporte carimbado para o Brasil. Um exemplo é o Peugeot 3008 , que vai ser lançado por aqui no primeiro semestre de 2017. Outro é o Volvo S90 , que já está sendo homologado e vai chegar ao mercado brasileiro no início do ano que vem. O Mercedes Classe E já está à venda e o Toyota CH-R tem boas chances de chegar em 2018.

LEIA MAIS: Os 10 carros que mais perdem valor depois de um ano

Mas há também os que estão sem previsão de serem apresentados no País, como o Alfa Romeo Giulia e a nova geração do Citroën C3 . Confira abaixo um pouco sobre cada um dos indicados. O anúncio do vencedor será no dia 6 de março, durante a abertura do Salão de Genebra (Suíça).

1 – Peugeot 3008

Peugeot 3008
Peugeot 3008
Peugeot 3008

 Trata-se do primeiro modelo da marca a contar com a nova plataforma EMP2, mais leve e rígida, o que ajuda em diversos aspectos, como desempenho e consumo. Além disso, passa a ter aspecto mais esportivo e itens sofisticados, como o painel com comandos acionados por leves toques e duas telas, uma de 12,3 e outra de 8 polegadas, do multimídia.

No quesito segurança, o novo 3008 também evoluiu, com aletrasn para veículos em pontos cegos e de colisão iminente e frenagem de emergêcia, além de controle de cruzeiro adaptativo e sistema que ajuda a estacionar Mas o conjunto mecânico terá poucas novidades. O motor continua sendo o 1.6 THP, de 165 cv que funciona com câmbio automático de seis marchas.  

2 – Volvo S90

Volvo S90
Divulgação
Volvo S90

 Esperado para o início de 2017, o S90 substitui o sedã de luxo S80 com várias vantagens para brigar com mais força com os fortes rivais como Mercedes-Benz Classe E , BMW Serie 5 , Audi A6 e Jaguar XF . Um dos principais atrativos fica por contra do sistema Pilot Assist de condução semiautônoma até 130 km/h, bem como o pacote de segurança que inclui detector de frenagem para animais grandes e dispositivos que evitam saídas não intencionais da pista, além de conectividade de ponta, compatível com Apple  CarPlay. 

LEIA MAIS: Conheça 10 carros nacionais que deixaram saudades

Bom também é que o S90 será um dos primeiros modelos disponíveis que não precisam de chave . A novidade inova ao funcionar por meio de aplicativo de celular. A nova tecnologia funcionará por Bluetooth e terá entre os principais atrativos a possibilidade de compartilhar o carro.  Além disso, será possível travar e destravar as portas e dar a partida no motor, tudo tocando na tela do aparelho. 

3 – Citroën C3

Citroën C3
Divulgação
Citroën C3

 Tido com um C4 Cactus em miniatura, o novo C3 ganha aspecto bem mais ousado que o atual, mas é um dos carros finalistas que não têm nenhum previsão de ser vendido no Brasil. Conta com 3.99 metros de comprimento (ante 3,94 m da geração atual), 1,75 m de largura (4 cm a mais que o  C3 v endido hoje em dia) e 2.54 m de entre-eixos ( 8 cm maior).  Mas o porta-malas se manteve com 300 litros de capacidade.

O pacote de ousadia inclui nove cores diferentes cores diferentes que combinam com outras três da capota. Além disso, o  C3  contará com novos equipamentos, alguns inéditos, como a câmera de bordo que começa a gravar automaticamente toda vez que for detectada a iminência de um acidente. Também merece destaque o novo multimídia compatível com Apple CarPlay e Android Auto. 

4 – Mercedes-Benz Classe E

Mercedes-Benz Classe E
Divulgação
Mercedes-Benz Classe E

 Já à venda no Brasil, a quinta geração do sedã de luxo nunca esteve tão eficiente e seguro. Entre outros recursos, conta com motores mais eficientes e menores, além de tecnologia de ponta para deixar seus donos orgulhosos, como o sistema de estacionamento automático feito de fora do veículo, por controle remoto.  Há também controles sensíveis ao toque no volante e o sistema Car-to-X, que permite trocar informações com outros veículos. 

No conjunto mecânico, os motores disponíveis vão de um 2.0 turboalimentado com 184 cv ou 241 cv a dois turbodiesel de 195 e 285 cavalos de potência. A clientela ‘sustentável’ terá a seu dispor o E350e, um plug-in híbrido com 279 cv de potência combinada. Além disso, o sistema de transmissão vem com câmbio automático de nove marchas.

5 – Nissan Micra (March, no Brasil)

Nissan March 2017
Divulgação
Nissan March 2017

 A evolução do March f oi levada a sério. E isso fica evidente logo pelo desenho arrojado, com a frente inspirada na do SUV  Kicks  e que segue a nova linguagem de estilo da Nissan, da qual faz partem detalhes como a grade dianteira em V, os faróis com formato de bumerangue e o capô que parece estar flutuando. Além disso, chamam atenção as maçanetas das portas traseiras escondidas nas colunas e o vinco profundo na parte lateral traseira, vindo das lanternas arrojadas.

LEIA MAIS:  Saiba quais são os 10 carros turbo mais em conta à venda no Brasil

Além do maior espaço interno, por dentro, o March herdou muito do  Kicks . Basta dar uma olhada no painel para notar as semelhanças: volante, painel e até botão de partida no console são pontos em comum com o SUV. Apenas o quadro de instrumentos não é digital. Além disso, a parte de segurança melhorou bastante com a inclusão de alertas de mudança indevida de faixa, aproximação de pedestres, reconhecimento de sinalização, faróis que mudam de facho conforme a necessidade, entre outros dispositivos.

6 – Toyota CH-R

Toyota CH-R
Newspress
Toyota CH-R

 Mostrado ainda na versão conceitual no Salão do Automóvel, no São Paulo Expo, o crossover é considerado um dos principais rivais do Honda HR-V. Com estilo arrojado, o carro deverá ser vendido no Brasil a partir de 2018 com motor 2.0 e câmbio automático CVT, o mesmo do Corolla . Por dentro, o carro tem estilo mais comportado e acabamento caprichado, que vem com material que imita couro, combinado a itens em black piano e alguns poucos plásticos  soft touch.

Na Europa, o C-HR vem com um 1.8 a combustão que funciona em conjunto com outro elétrico, para gerar 122 cv. Os modelos mais em conta utilizam o novo 1.2 turbo, de 116 cv e 18,6 kgfm, que pode trabalhar com um câmbio manual de seis marchas, ou automático CVT.

7 – Alfa Romeo Guilia

Alfa Romeo Giulia
Divulgação
Alfa Romeo Giulia

 O sedã esportivo da marca italiana chama atenção pelo desenho arrojado, o que inclui o longo capô, para-choques envolventes e rodas de estilo arrojado. Por dentro, o DNA da fabricante continua evidente pelo volante multifuncional de diâmetro reduzido para faciltar um tocada mais animada e pelos instrumentos voltados ao motorista.

Na versão topo de linha Quadrifoglio , para melhorar ainda mais o desempenho, o carro passa a ter detalhes como capô e teto de fibra de carbono, portas de alumínio e os freios podem ser de fibra de cerâmica. Além disso, O motor v6 biturbo de 510 cv leva o carro de 0 a 100 km/h em apenas 3,9 segundos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.