Liderança continua com o Chevrolet Onix, com 14.300 unidades no mês, seguido do Hyundai HB20, com 11.411

As primeiras informacões da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos) sobre o volume de vendas em novembro mostram o Chevrolet Onix como líder com 14.300 unidades vendidas. Em segundo lugar, ficou o Hyundai HB20 (11.411) e em terceiro o Ford Ka (7.049).

Mas entre os principais destaques do mês está o sexto lugar do Volkswagen Go l, que mostra sinais de recuperação no mercado, assim como o Fiat Uno , que volta a figurar entre os 10 carros mais vendidos do mercado. Foram 3.517 unidades vendidas, apenas duas a mais que as do irmão menor, o pequeno Mobi (3.515). Com novos motores, o Uno ganha mais apelo e volta a interessar no mercado. 

LEIA MAIS: Preço do seguro dos 10 carros mais vendidos varia bastante. Confira

Ainda entre as principais mudanças de posicão no ranking de vendas também aparece o Jeep Compass , que no primeiro mês completo de vendas teve 2.328 unidades, garantindo uma posição entre os 20 carros mais vendidos do mês. Por outro lado, os líderes do segmento de SUVs, Honda HR-V (3.448) e Jeep Renegade (3.168), não aparecem entre os 10 mais vendidos.

Previsões de vendas para 2017

Em 2016, a indústria automotive no Brasil terá o quarto ano consecutivo de queda. As previsões da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) é que de este ano a queda será de 19%. Em 2015, o recuo foi de 26,5% e, em 2014, 7,15%. Mas, as fabricantes esperam que em 2017 o mercado comece a esboçar uma reação.  

LEIA MAIS: Toyota Corolla foi o carro mais vendido do mundo no primeiro semestre

De acordo com o presidente da General Motors do Brasil, Carlos Zalenga, em 2017 deverá haver um crescimento nas vendas, que poderão atingir algo em torno de 2,4 milhões de veículos, ante aproximadamente 2 milhões de 2016.  Ainda conforme o executivo, a retomada deve continuar gradualmente até 2020.

LEIA MAIS: Vendas não passarão de 1,8 milhão em 2016, diz presidente da JAC

No caso da Fenabrave, a previsão da Fenabrave para 2016 é de queda de 19,5% nos segmentos de automóveis e comerciais leves, que se somará ao recuo de 25,6% em 2015. Para caminhões, a expectativa é de contração de 28,5%, após baixa de 47,6% no ano passado. E, para os ônibus, a projeção é que as vendas caiam 23%, depois de uma baixa de 36,5% em 2015. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.