Vice-presidente da Chevrolet afirma que irão lançar quatro ou cinco carros. Descubra tudo o que a Chevrolet prepara para o Brasil em 2017

O Chevrolet Spark deve inspirar o design do novo hatchback de entrada da marca, previsto para 2017.
Divulgação/General Motors
O Chevrolet Spark deve inspirar o design do novo hatchback de entrada da marca, previsto para 2017.

Durante a apresentação do novo Chevrolet Cruze Sport6 , o vice-presidente da General Motors do Brasil, Marcos Munhoz, adiantou parte dos planos da fabricante para o Brasil no próximo ano. O executivo afirma que teremos “quatro ou cinco lançamentos em 2017”, divididos entre séries e versões especiais de modelos que já estão à venda e um carro completamente inédito para o País.

LEIA MAIS: Novos Chevrolet Celta e Classic nascerão de parceria com chineses

Munhoz soltou poucas informações sobre as novidades da Chevrolet para 2017. Disse que os carros vendidos atualmente não sofrerão nenhuma alteração no design – ou seja, nada de facelift para a minivan Spin, que mantêm o visual desde que foi lançada, em 2012. Todos os demais modelos da fabricante já foram alterados ao longo de 2016, desde reestilizações para Onix e Prisma até as novas gerações do Cruze e Camaro .

LEIA MAIS: Chevrolet Cruze Sport6 chega às lojas a partir de R$ 89.990

Não espere também por novos motores, como o tão aguardado três cilindros da marca. Munhoz deixou claro que não irão apostar em novos motores pelos próximos anos para a linha atual. A única novidade que envolve mecânica pode ser uma nova transmissão, como foi deixado em aberto pelo executivo, o que pode significar tanto um novo câmbio automático quanto mais uma atualização para o GF6 atual. Um dos rumores mais fortes seria a adoção de uma caixa de nove marchas para o Cruze, em desenvolvimento nos EUA.

Hatch inédito

Pouco depois de mostrar o Chevrolet Onix reestilizado, a General Motors trouxe o Onix Joy, o modelo pré-facelift que serve de carro de entrada para a marca, no lugar do finado Celta . A verdade é que o Onix Joy está ali apenas para aquecer o banco, enquanto a fabricante termina o desenvolvimento do novo hatchback de baixo custo, desenvolvido em parceria com a chinesa SAIC .

LEIA MAIS: Conheça os 10 carros mais baratos do Brasil, todos até R$ 40 mil

O trabalho conjunto da SAIC com a Chevrolet resultará em uma nova plataforma, que será usada para criar uma família inédita de compactos, que inclui um hatchback, um sedã, uma picape e um utilitário. Ou seja, serão as novas versões do Celta , Classic , Montana e o SUV inédito, que ficará abaixo do Tracker, deixando este último em uma faixa de preço mais alta para brigar com Honda HR-V e Jeep Renegade .

Séries especiais

O vice-presidente adiantou que teremos séries e versões especiais dos carros atuais da Chevrolet para 2017. Podemos esperar por alguns dos modelos que estavam presentes no estande da marca no Salão do Automóvel de São Paulo deste ano, como Montana Activ X , S10 Xtreme e Cobalt Midnight .

Apresentada no Salão do automóvel, a Chevrolet Montana Activ X adianta versão aventureira da picape.
Carlos Guimarães/ iG
Apresentada no Salão do automóvel, a Chevrolet Montana Activ X adianta versão aventureira da picape.

Esperando pela nova geração, que deve chegar só depois do lançamento do novo hatchback da Chevrolet, a Montana tentará manter a relevância com a versão Activ, com toques de carro aventureiro, da mesma forma que o Onix Activ . O conceito mostrado no Salão de São Paulo tinha rodas de alumínio de 16 polegadas na cor cinza, faróis com máscara negra e moldura de plástico preto sobre as caixas de rodas e laterais.

A Chevrolet S10 Xtreme transforma a picape em um modelo feito para fazer trilhas, recebendo até snorkel para passar por rios.
Divulgação/General Motors
A Chevrolet S10 Xtreme transforma a picape em um modelo feito para fazer trilhas, recebendo até snorkel para passar por rios.

A S10 Xtreme segue a mesma linha da rival Ford Ranger Wildtrak , como uma versão mais extrema da picape, voltada para o uso em trilhas – até a cor laranja é igual. Nessa versão, a S10 ganha entradas de ar no capô, novo para-choque para aumentar o ângulo de ataque, guincho elétrico, luzes auxiliares centrais de LED, snorkel na lateral, pneus para lama e bagageiro no teto. Não duvide que seja vendida, como uma resposta à Ranger Wildtrak.

Com acabamento na cor preta, o Chevrolet Cobalt Midnight deve ser a estreia no Brasil da série limitada que já existe nos EUA.
Divulgação/General Motors
Com acabamento na cor preta, o Chevrolet Cobalt Midnight deve ser a estreia no Brasil da série limitada que já existe nos EUA.

Nos mesmos moldes da série especial Graphite, o Cobalt Midnight do Salão do Automóvel tem grandes chances de ser lançado, aproveitando que a série Midnight é utilizada para carros nos EUA. Ganha acabamento escurecido, como rodas de 17 polegadas pintadas, grade frontal e frisos de portas na cor preta. Até mesmo o logo da gravata da Chevrolet fica pintado de preto. Usa como base a versão LTZ 1.8 automática.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.