Fiat Chrysler Automobiles disse vai mostrar uma novidade na feira de tecnologia de Las Vegas (EUA), a CES, no início de janeiro

Sede da FCA, em Detroit, nos Estados Unidos
Divulgação
Sede da FCA, em Detroit, nos Estados Unidos

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA)  deixou o Salão de Detroit (EUA), entre os dias 8 e 22 de janeiro de 2017, um pouco de lado para dar preferência ao Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas. A notícia foi confirmada pela própria fabricante, de acordo com o site americano Leftlane News . O misterioso produto estreia na feira de eletrônicos, para só depois ser levado para o evento em Detroit.

LEIA MAIS:  FCA fecha parceria com o Google na busca pelo carro autônomo

A decisão é um fato marcante na história do tradicional Salâo de Detroit (EUA), que sempre foi considerado um dos principais do circuito mundial de eventos automotivos no ano. De acordo com executivos do setor, o evento norte-americano vem perdendo importância ao longo dos anos e não é a primeira vez que uma grande fabricante decide estar ausente no Cobo Hall.

LEIA MAIS:  Jeep faz Wrangler em homenagem ao Willys original

O declínio do Salão de Detroit

Porém, já fazia algum tempo que não acontecia uma baixa importante no evento em Detroit. A última vez que se tem notícia que isso aconteceu foi durante a forte crise que os EUA enfrentaram, principalmente entre 2007 e 2008. Nessa época. algumas marcas preferiram deixar Detroit de lado para mostrar seus lançamentos no Salão de Los Angeles, em novembro. Entre outros fatores, o frio rigoroso e intenso que faz em Detroit, em janeiro, também contribui com a falta de interesse do evento na chamada "Motor City" na comparação com outros salões nos Estados Unidos.

LEIA MAIS: FCA oferece prêmio a hackers que encontrarem falhas de segurança

Além disso, as fabricantes de automóveis vêm dando cada vez mais importância à feira de tecnologia CES, em Las Vegas. E a FCA enxergou uma oportunidade mais interessante em apresentar sua novidade primeiro por lá e não na mostra em Detroit, que está perdendo cada vez mais importância e tende a continuar em declínio. Será que vai deixar o calendário dos quatro salões que acontecem nos Estados Unidos todos os anos, cedendo espaço para os que são realizados em Nova York (abril), Chicago (maio) e em Los Angeles (novembro)? Apenas o tempo dirá.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.