Versão diesel terá nova transmissão feita junto com a Ford. Conheça os detalhes da nova transmissão que contribui com a economia de combustível

O Chevrolet Cruze será o segundo carro da GM a usar a transmissão automática de nove marchas - mas só para o modelo 1.6 diesel.
Divulgação/General Motors
O Chevrolet Cruze será o segundo carro da GM a usar a transmissão automática de nove marchas - mas só para o modelo 1.6 diesel.

A General Motors confirma que o Chevrolet Cruze será seu próximo carro a receber o novo câmbio de nove marchas, que estreou neste ano no sedã Malibu com motor 2.0 turbo. Por enquanto, a nova caixa estará disponível apenas para o sedã com motor 1.6 diesel, para aproveitar melhor o torque deste motor. A marca promete que a novidade também será usada em 10 modelos diferentes até o fim de 2017.

LEIA MAIS: Chevrolet Cruze Sport6 começa período de pré-venda a partir de R$ 89.990

Para criar essa transmissão, a GM se aliou à sua grande rival, a Ford , para melhorar o desempenho e economia de combustível em relação à antiga caixa automática de seis marchas – outro câmbio desenvolvido pelas duas fabricantes e que equipou o Chevrolet Cruze anterior. A parceria inclui o desenvolvimento de outra transmissão, de 10 marchas, usada na picape Ford F-150 e no Chevrolet Camaro ZL1.

Batizado como Hydra-Matic 9T50, a transmissão é 3% melhor do que a caixa automática de seis marchas, com estimativa de render 14 km/l em ciclo rodoviário. Pode melhorar ainda mais com o uso de sistema de start-stop. Uma das tecnologias usadas permite que a transmissão pule marchas de acordo com a necessidade, pelo uso de uma embreagem que ajuda a manter o nível de torque.

LEIA MAIS: Chevrolet Prisma vira um Cruze em miniatura, mas cobra por isso 

O desafio será calibrar essa transmissão para fazer as trocas de forma suave e sem vacilar. Muitas marcas utilizam câmbios com a mesma quantidade de marchas e algumas encontraram problemas para fazer com que o sistema saiba o momento certo para segurar uma marcha ou fazer a troca. Isso pode ser ainda pior caso o veículo tenha um seletor de modo de direção, como Sport e Comfort.

Dúvida no Brasil

Se essa caixa será usada no Chevrolet Cruze com motor diesel, isso significa que não deve ser usada no Brasil, certo? Talvez. Como ela substitui tanto a de seis marchas quanto a de oito marchas, há grandes chances de que fique disponível no Brasil no futuro, nem que seja apenas nos modelos a diesel à venda por aqui, como S10 e TrailBlazer . A marca promete novidades mecânicas para o ano que vem e o câmbio pode ser uma delas.

LEIA MAIS: Chevrolet Cruze chega ao Brasil a partir de R$ 89.990

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.