Versão mais potente começa a ser vendida na Europa a partir do equivalente a R$ 140 mil, sem inclusão de impostos e taxas cobradas no Brasil

Volkswagen Golf R
Divulgação
Volkswagen Golf R

A Volkswagen mostra a nova geração do Golf R com retoques no desenho, que foram revelados no início do mês passado.  Entre as mudanças, os faróis ganharam luzes diurnas com LED e os para-choques foram redesenhados, com novas entradas de ar. No caso do esportivo, há detalhes adicionais, como as carcaças dos retrovisores pintadas de cinza prata e a carroceria no tradicional, tom de azul ,que identifica a versão mais potente da linha Golf.

LEIA MAIS: VW Golf 1.0 TSI traz desempenho e economia a partir de R$ 74.990

O carro estará disponível na Europa tanto como hatch quanto perua. O primeiro terá preço sugerido que parte de 40.675 euros (cerca de R$ 140 mil numa conversão simples), valor correspondente ao modelo com câmbio manual. E o outro, já com caixa automatizada, de dupla embreagem (DSG) sairá por 44.800 euros (em torno de R$ 153 mil). No Brasil, não há previsão de quando chega o Golf renovado, muito menos na versão esportiva R .

Mais tecnologia e desempenho à sigla R

 Ainda não divulgaram imagens oficiais do interior do novo Golf R , mas estima-se que entre as novidades esteja instalado o novo painel de instrumentos, com tela de 12,5 polegadas, que pode ser configurada de acordo com o gosto do freguês, que começou a ser usada a partir da atual geração do Audi TT .

LEIA MAIS: Novo VW Golf 1.4 Flex vence seus quatro principais rivais

Além disso, em se tratando da versão topo de linha do Golf, acredita-se que até a nova tecnologia que acionamento de alguns comandos por gestos vai estar disponível. Entre outros equipamentos, o modelo médio também poderá vir com direção quase autônoma, recebendo assistente de permanência em faixa, sensor de ponto cego, piloto automático adaptativo e até reconhecimento de sinalização de trânsito.

LEIA MAIS:  VW Golf GTI 40 anos com edicão limitada de 290 cv. Veja fotos

No conjunto mecânico, a grande novidade fica por conta do motor 2.0 turbo, que passou a ficar ainda mais potente. De acordo com a fabricante, consegui-se chegar nos 310 cavalos, potência suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos e atingir 250 km/h, velocidade limitada eletronicamente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.