Veja detalhes e imagens dos 10 superesportivos mais impressionantes que já apareceram até os dias atuais. Apenas um deles veio oficialmente ao Brasil

Supercarros da McLaren estão entre os mais velozes de cobiçados do mundo hoje em dia com tecnologia vinda nas pistas
Divulgação
Supercarros da McLaren estão entre os mais velozes de cobiçados do mundo hoje em dia com tecnologia vinda nas pistas

Há anos os carros eram divididos em dois grupos: os  de rua e os supercarros, aqueles esportivos que tinham um desempenho tão absurdo que não poderiam ser comparados com os outros automóveis. Nos últimos tempos, vimos o surgimento dos hipercarros, ainda mais velozes e exclusivos, normalmente de produção limitada e que são tão rápidos que precisavam ser diferenciados dos outros modelos.

LEIA MAIS:  Emerson Fittipaldi e Pininfarina revelam supercarro de 600 cv. Saiba mais

Começou com o McLaren F1 e o conceito do Ford GT90. Como o GT90 nunca foi produzido, o F1 ficou com o título e ainda é considerado um dos melhores esportivos já fabricados, por seu desempenho ímpar para um carro lançado em 1992. Durante 7 anos, foi o mais rápido do mundo, quando usaram o protótipo XP5 sem o limitador de giros para alcançar 372 km/h. Só perdeu o título em 2005, para o Bugatti Veyron 16.4. Desde então, muitos outros supercarros surgiram para tentar alcançar o mesmo status de lenda. Confira os 10 mais absurdos da atualidade:

1 - Aston Martin Valkyrie

Aston Martin Valkyrie
Divulgação
Aston Martin Valkyrie

 Tudo bem, ele que nem foi lançado ainda. Mas é por um bom motivo. O Aston Martin Valkyrie é o que acontece quando combinamos a mecânica da marca inglesa com os conhecimentos de design e aerodinâmica de Adrian Newey, o chefe técnico da Red Bull Racing de Fórmula 1. Previsto para 2018, a Aston promete que será o carro mais rápido do mundo a poder andar nas ruas.

Terá motor 6.5 V12 aspirado, feito pela Cosworth, e que gera 1.000 cv, combinado a um sistema KERS semelhante ao da Fórmula 1, oferecendo uma potência a mais por um motor elétrico abastecido pela energia recuperada das frenagens. Promete ser mais rápido do que o Bugatti Chiron pois irá pesar 1.000 kg, para ter uma relação peso/potência de 1:1.

2 - Bugatti Chiron

Bugatti Chiron
Divulgação
Bugatti Chiron

 Durante anos, o Bugatti Veyron foi dono do recorde de carro mais rápido do mundo segundo o Guinness World Records. Seu sucessor, o Chiron, quer repetir o feito. Apresentado no Salão de Genebra (Suíça), em março deste ano, foi levado ao limite pela fabricante. Ainda utiliza o motor 8.0 W16 quadriturbo, só que agora configurado para gerar 1.500 cv e 163,1 kgfm de torque. Os dados da fabricante dizem que Chiron acelera de 0 a 97 km/h em menos de 2,5 segundos e alcança os 420 km/h limitados eletronicamente. Sem o limite, acreditam que deve chegar a absurdos 463 km/h. Uma acelerada até o limite é o suficiente para acabar com os pneus.

3 - Ferrari LaFerrari

Ferrari LaFerrari
Divulgação
Ferrari LaFerrari

 A Ferrari também apostou nos hipercarros quando criou a LaFerrari. Como o próprio nome diz, é “A Ferrari”, o modelo mais potente já desenvolvido pela fabricante de Maranello. Combina o motor 6.3 V12 aspirado de 800 cv com o elétrico que gera mais 163 cv com o toque de um botão. Os engenheiros da marca dizem que passa dos 439 km/h, o limite eletrônico imposto sobre o esportivo, e acelera de 0 a 100 km/h em menos de 3 segundos. Para chegar a 300 km/h, leva apenas 15 segundos. Quando testaram na pista de Fiorano, fez 1:19.70, o menor tempo entre os carros de rua.

LEIA MAIS: Ultima Evolution é o supercarro que faz de 0 a 100 km/h em insanos 2,3 segundos

4 - Hennessey Venom GT

Hennessey Venom GT
Divulgação
Hennessey Venom GT

 No mundo perfeito da Hennessey, o Venom GT seria o carro mais rápido do mundo. É um esportivo monstruoso, capaz de atingir os 435,31 km/h, como foi testado pela própria fabricante. Só que o Guinness World Records tem suas regras, que determinam que um veículo só pode ser considerado de produção se tiver mais de 30 unidades fabricadas e o teste de velocidade deve ser feito dirigindo nas duas direções da pista. Como o Venom GT não cumpriu nenhum dos requisitos, fica com o recorde não oficial.

5 - Koenigsegg Regera

Koenigsegg Regera
Divulgação
Koenigsegg Regera

Nada humilde, o melhor carro da Koenigsegg é o Regera, cujo nome é o verbo sueco “reinar”. Foi criado para ser o suprassumo de uma marca especializada em criar hipercarros. É o mais prático, o mais luxuoso e o mais rápido. É equipado com um conjunto híbrido, formado por um motor 5.0 V8 biturbo de 1.115 cv, com mais 710 cv fornecidos por três unidades elétricas. É tão rápido que acelera de 0 a 100 km/h em 2,7 segundos e leva 20 s para chegar a 410 km/h, próximo da velocidade máxima de 410 km/h (limitada eletronicamente).

6 - Lamborghini Huracán Performante

Lamborghini Huracán Performante
Divulgação
Lamborghini Huracán Performante

 A Lamborghini pode até ter algum outro carro mais rápido, mas o Huracán LP 640-4 Performante é o mais importante por ter se tornado o mais rápido a completar uma volta na lendária pista de Nürburgring Nordschliefe (Alemanha), Levou 6:52.01 para percorrer os 22,8 km do circuito. É equipado com o 5.2 V10 de 640 cv e 61,3 kgfm de torque, usados para mover um chassi feito de alumínio forjado e fibra de carbono. Acelera de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos e tem velocidade máxima limitada em 325 km/h.

Além disso, conta com o sistema Aerodinamica Lamborghini Attiva, alterando sua aerodinâmica para melhorar sua aceleração, gerando 750% mais força aerodinâmica do que o Huracán tradicional.

7 - McLaren P1

McLaren P1
Divulgação
McLaren P1

 O sucessor do F1, o McLaren P1 é outro monstro, que faz frente ao LaFerrari em desempenho. Com seu motor 3.8, V8, biturbo, de 737 cv, e outro elétrico, de 179 cv, o esportivo conta com 917 cv no total, o suficiente para que acelere de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos e tenha velocidade máxima limitada em 351 – pode chegar 401 km/h, sem o limitador. Como foi criado para ter apenas 375 unidades produzidas, ele já saiu de linha – se você for bilionário e quiser um, ainda pode encontrar à venda. 

 8- Pagani Huayra BC

Pagani Huayra BC
Divulgação
Pagani Huayra BC

 Assim como a Koenigsegg, a Pagani se especializou em criar carros muito velozes. Seu melhor modelo é a versão BC do Huayra, que deixa o esportivo ainda mais extremo – BC vem de Benny Caiola, amigo de Horacio Pagani e que foi o primeiro a comprar um veículo da marca. Suas 20 unidades são bem exclusivas e justificam facilmente o preço com o motor 6.0, V12, biturbo, feito pela Mercedes-AMG. Produz 800 cv, suficientes para que acelere até 100 km/h em 2,7 segundos e alcance os 370 km/h, graças a sua leveza (pesa apenas 1.218 kg).

9 - Porsche 918 Spyder

Porsche 918 Spyder
Divulgação
Porsche 918 Spyder

 Quando a Porsche disse que faria um hipercarro, muitos ficaram bem ansiosos para ver o que os alemães trariam ao mundo. O 918 Spyder é o resultado. Conta com 887 cv, potência que vem da soma de dois motores elétricos e um 4.6 V8 a combustão, sendo suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em 2,5 segundos. Uma das tecnologias aplicadas no esportivo é o esterçamento das quatro rodas. Em uma curva, as rodas dianteiras movem-se de maneira convencional, enquanto as traseiras apontam para o lado contrário, eliminando qualquer efeito de subesterço e entregando ainda mais agilidade ao esportivo. Teve 918 unidades produzidas e todas já foram vendidas em todo o mundo, o que inclui apenas três no Brasil.

LEIA MAIS: Ferrari convoca Vettel para mostrar como se pilota um supercarro. Veja vídeo

 10 - W Motors Lykan HyperSport

Lykan HyperSport
Divulgação
Lykan HyperSport

 Enquanto ainda estava em desenvolvimento, o Lykan HyperSport seria um daqueles hiperesportivos que apenas os entusiastas iriam ouvir falar. Até que veio o contrato para aparecer no Velozes e Furiosos 7 e o esportivo libanês ganhou o mundo. Equipado com o motor 3.7 biturbo, boxer, feito pela RUF (preparadora de Porsches), é até modesto, com 780 cv e atingindo os 100 km/h em 2,8 segundos.

O que impressiona é o nível de requinte. Os faróis têm pedras preciosas no acabamento (rubis, diamantes, diamantes amarelos ou safiras, pela escolha do cliente), costura dourada nos assentos e mostrador holográfico controlado por movimentos. Em 2013, foi considerado o terceiro supercarro mais caro do mundo, atrás da edição limitada Lamborghini Veneno e do conceito Maybach Exelero.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.