São modelos mais em conta e com custo de manutenção reduzido, de acordo com o índice Car Group, do CESVI

Para os que tiraram a carteira de motorista recentemente e procuram por um carro novo, o ideal é que o escolhido seja o mais em conta possível e tenha baixo custo de reparo. A partir disso, levamos em consideração apenas os modelos compactos que estão mais bem posicionados no índice de reparabilidade do CESVI. Portanto, listamos abaixo os carros selecionados de acordo com esses critérios, que servem de parâmetro na hora da escolha certa para recém-habilitados.

LEIA MAIS:  Saiba quais são os carros que vão sair de linha até o final de 2017

1 – Volkswagen Up! – a partir de R$ 37.990

Volkswagen Connect Up!
Divulgação/Volkswagen
Volkswagen Connect Up!

 Tem o melhor índice de reparabilidade do CESVI, que faz testes de colisão nos carros analisados e compara o resultado do custo de reparo de cada um deles, gerando uma classificação baseada nesse estudo. Também  levam em em conta outros quesitos, como os tempos de substituição e a cesta básica de peças. Com isso, o modelo da marca alemã atingiu índice 10, lembrando que quanto menor ele for, melhor.

O compacto da marca alemã acaba de receber retoques no visual e passou a ficar um pouco mais equipado de série. Agora tem volante com o mesmo padrão usado no Golf, quadro de instrumentos com mostradores mais visíveis e pode contar com central multimídia integrada ao painel. Desde a versão Take, a mais em conta, vem com o bom motor 1.0, de três cilindros, de 82 cv, com câmbio manual de cinco marchas.

2 – Chery QQ – a partir de R$ 25.990

Chery QQ
Divulgação
Chery QQ

 Fabricado em Jacarei (SP), o subcompacto é o carro com menor preço à venda no Brasil. Mas, a versão básica Smile vem sem ar-condicionado e direção assistida, mas conta com vidros dianteiros elétricos, rádio com entrada USB e dois alto-falantes, computador de bordo e porta-malas com abertura elétrica. Além disso, a pintura poderá ser apenas sólida: branco, preto ou vermelho.

O pequeno QQ vem com motor 1.0, de três cilindros,que funciona com câmbio manual e tração dianteira. Conforme os números do Inmetro, nas versões a gasolina, o carro pode fazer 12,3 km/l na cidade e 13,8 km/l na estrada, apenas com gasolina no tanque. Tem índice de reparabilidade 15 do CESVi Brasil.

 3- Citroën C3 – a partir de R$ 48.490

Citroën C3 1.2 Pure Flex
Divulgação
Citroën C3 1.2 Pure Flex

 Um dos modelos mais econômicos à venda no Brasil, o hatch da marca francesa consegue fazer 16,6 km/l na estrada e 14,8 km/l na cidade com apenas gasolina no tanque, de acordo com os números do Inmetro. O que contribui com tamanha economia é o refinado motor 1.2, de três cilindros, que chega a render 90 cv e trabalha em conjunto com o câmbio manual de cinco marchas, que teve as relações 9% alongadas na comparação com as antigas versões  com o 1.5, de quatro cilindros. 

Vale mais a pena nas versões mais em conta sem o para-brisa panorâmico e a central multimídia, ainda confusa de ser usada no dia a dia. Entretanto, o carro roda com conforto e em silêncio, ajudada pela boa suspensão e pela leve e precisa direção com assistência elétrica. Mas fica devendo melhor ergonomia por causa de alguns comandos mal localizados e não tão fáceis de serem acionados. Tem índice de reparabilidade 17 do CESVI. 

LEIA MAIS:  Saiba quais são os piores sistemas multmídia disponíveis no Brasil atualmente

 4- Toyota Etios – a partir de R$ 46.990

Toyota Etios 2018
Divugalção/Toyota
Toyota Etios 2018


Trata-se da versão mais em conta do hatch compacto, mas que já vem com uma lista interessante de equipamentos e motor 1.3, de 98 cv com câmbio manual de seis marchas. Entre outros itens, conta com ar-condicionado, direção com assistência eletro-hidráulica, vidros elétricos nas quatro portas, ancoragem ISOFIX para cadeiras infantis, quadro de instrumentos com mostradores digitais em tela do tipo TFT, entre outros.

Um dos destaques do Etios é a suspensão bem ajustada, que consegue aliar boa estabilidade com conforto, absorvendo as irregularidades do piso sem batidas secas, mostrado certa robustez do conjunto. A agilidade no dia a dia é outro ponto forte do carro, que tem concepção simples notada por detalhes como o limpador de para-brisa único e o acabamento despojado. Está classificado com índice de reparabilidade 18 do CESVI Brasil.

5 – Peugeot 208 – a partir de R$ 52.290

Peugeot 208 1.2 Pure Flex Allure
Divulgação
Peugeot 208 1.2 Pure Flex Allure


É o mais sofisticado dos modelos da lista. Tem o mesmo conjunto mecânico do Citroën C3, mas com uma lista de equipamentos mais recheada, além da pegada um pouco mais esportiva. Já começa com a posição de dirigir com quadro de instrumentos mais alto e volante de formaro oval, menor que o convencional. Além disso, o carro vem com acabamento de bom gosto e que agrada. Pena que os engates do câmbio nem sempre são fáceis e precisos.

No aspecto visual, o 208 se destaca por detalhes como os faróis com luzes diurnas de LED, pelo vinco pronunciado no centro do capô e pela ampla grade frontal. Apesar de ainda ter estilo atual, o hatch já tem quatro anos quase sem mudanças no visual. De acordo com o CESVI, o carro tem índice de reparabilidade 20.

LEIA MAIS:  Confira quais são os SUVs flex mais econômicos do Brasil, segundo o Inmetro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.