Marca apresenta protótipo do Civic com nova caixa automatizada. Saiba mais sobre as mudanças no sedã, que ficará com pegada mais esportiva

Protótipo do Honda Civic adianta troca do câmbio CVT por um automatizado de dupla embreagem e oito marchas
Divulgação/Honda
Protótipo do Honda Civic adianta troca do câmbio CVT por um automatizado de dupla embreagem e oito marchas

O casamento do Honda Civic com a transmissão CVT deverá durar menos do que o esperado. A fabricante aproveitou o evento Honda Meeting 2017 para mostrar um protótipo do sedã com câmbio automatizado de dupla embreagem, que está sendo testado para entrar no lugar do CVT, mas sem data definida para isso acontecer no Brasil, de acordo com o que informou a assessoria de imprensa da fabricante no País.

LEIA MAIS:  Honda pode trazer o Civic Type R ao Brasi, mas apenas para poucos

A nova caixa de marchas será usada na versão 1.5 turbo do Civic , de 173 cv e 22,4 kgfm, repetindo a combinação usada no SUV chinês Acura CDX. O novo sistema, de dupla embreagem, conta com conversor de torque e tem oito marchas. Por enquanto, a informação divulgada é que trabalhará apenas com o motor turbo, sem informações sobre o destino do 2.0 aspirado, de 155 cv.

Apesar do foco do câmbio CVT ser a economia de combustível, a Honda achou uma forma de deixar o novo automatizado mais eficiente. A publicação japonesa Car Watch já acelerou o Civic e disse que o consumo caiu 8% em relação ao modelo atual, além de melhorar seu desempenho em 15% - essa última parte é importante, já que o CVT acaba restringindo parte da experiência em guiar o sedã turbinado.

LEIA MAIS:  Novo Honda Civic Si é revelado por completo, com motor de 207 cavalos

Aproveitaram o momento para mexer um pouco mais na mecânica. Alteraram sua aerodinâmica de forma a reduzir o arrasto (outra medida que ajuda na economia de combustível). Também enrijeceram o subchassi traseiro, melhorando as respostas do Civic e deixando-o mais estável nas curvas. Todas as mudanças são mecânicas, sem qualquer alteração no design, já que a reestilização está prevista apenas para o ano que vem.

Fit, City e CR-V

Será um ano movimentado para a Honda no Brasil. Tivemos o lançamento do WR-V no início do ano e ele é só o começo. No segundo semestre, a marca irá lançar a dupla Fit e City reestilizada, seguindo as mudanças vistas no exterior, com novo design e mais equipamentos. A nova geração do SUV CR-V também chega neste ano, importada dos EUA (as concessionárias desovam as últimas unidades do anterior). 

LEIA MAIS:  Honda Civic enfrenta Toyota Corolla numa briga de eternos rivais

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.