Utilitário vai chegar ao Brasil apenas no final de 2019, vindo da Argentina, onde será produzido a partir do segundo semestre do ano que vem

Mercedes Classe X  é feita sobre a mesma base de Nissan Frontier e Renault Alaskan, mas com itens exclusivos
Divulgação
Mercedes Classe X é feita sobre a mesma base de Nissan Frontier e Renault Alaskan, mas com itens exclusivos

A Mercedes Classe X, a primeira picape média da história da marca, é mostrada oficialmente na África do Sul, depois de algum mistério. As fotos do novo modelo revelam detalhes como a grade dianteira saliente, os faróis relativamente estreitos com um filete de LED, largos para-lamas e lanternas traseiras simples e verticais. A novidade será vendida em três versões:  Pure, Progressive e Power, a topo de linha.  

LEIA MAIS: Mercedes Classe X atrasa e, agora, chegará ao Brasil apenas no fim de 2019 

Todas as versões da Mercedes Classe X serão equipadas com iluminação na caçamba, que também vai ter tomada de 12 Volts que pode ser usado para ligar acessórios como compressors de ar portáteis, entre outros itens. Além disso, outro detalhe interessante fica por conta do para-choque traseiro que pode ser removido para que a tampa da caçamba abra em um ângulo de 180°, facilitando as operações de carga e descarga.



Como já era esperado, o interior segue o mesmo estilo dos utilitários esportivos da marca (GLC, GLE e GLS). O volante é de três raios, multifuncional e o painel vem com saídas de ar cromadas. Nas versões mais simples, os bancos são revestidos de tecido e as mais equipadas contam com couro. Entre os opcionais, a Mercedes vai oferecer sistema multimídia com tela de 8,4 polegadas

Detalhes técnicos e quando chega

As primeiras unidades da Classe X serão fabricadas com motor 2.3, turbodiesel, de 163 cv (X 220d) e de 190 cv ( X250d). Haverá, ainda, a versão X 200d, com 165 cv e a X 350d, com um V6 de 258 cv e nadas desprezíveis 56 kgfm de torque.Dependendo da versão, o sistema de transmissão pode incluir câmbio manual de seis marchas, ou automático de sete, ou ainda tração traseira ou integral

LEIA MAIS: Aceleramos o Mercedes AMG-GT R, que vale R$ 1,2 mihão no Brasil
Não é por que exibe a estrela de três pontas na grade dianteira que a Classe X vai fugir de trabalho pesado, diz a fabricante. Pode carregar 1,2 tonelada e rebocar até 3,4 toneladas, o que é suficiente para levar um trailer. A distância livre do solo é de 20,2 cm, o ângulo de ataque é de 30.1°e o de saída 25.9°.

Na Europa, a Mercedes Classe X comeca a ser vendida em novembro pelo preço sugerido que parte de 37.294 euros (o que equivale a cerca de R$ 136 mil numa conversão simples). No Brasil, chega apenas no fim de 2019, vinda da Argentina, onde começará a ser produzida no fim do ano que vem. Confira abaixo o video oficial da nova picape.

LEIA MAIS: Mercedes C300 Sport é sedã de luxo, mas com pegada esportiva





    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.