Esportivo que garantiu títulos em Le Mans teve apenas 53 exemplares produzidos. Confira outros detalhes.

Jaguar C-Type
Divulgação
Jaguar C-Type

Ingleses sabem causar ótimas impressões com o design de seus carros, não dá pra negar. Mas é difícil pensar em um modelo que seja tão bonito quanto o emblemático Jaguar C-Type, feito especialmente para as pistas. O esportivo garantiu dois títulos de Le Mans para a terra da rainha em sua versão roadster, e boa parte de suas poucas unidades acabaram parando do lado de cá do Atlântico.

LEIA MAIS: McLaren F1 sem uso há 20 anos pode bater recorde de preço em leilão

Apenas 53 exemplares do Jaguar C-Type foram concebidos. Entre eles, a bela unidade verde escuro de chassi XKC 007, que foi entregue para um distribuidor da marca nos Estados Unidos em 1952. Acredita-se que o modelo em questão foi o primeiro a desembarcar na América, como uma estratégia para chamar atenção de possíveis clientes. O piloto de Fórmula 1, e campeão da temporada de 1961, Phil Hill, chegou a rodar com o esportivo em 1952, colecionando diversos títulos nacionais. Em pouco menos de um mês, ele será leiloado em Nova Iorque pela famosa RM Sotheby’s, que espera arrecadar algo em torno de US$ 6 milhões.

Matador de gigantes

Esportivos exclusivos da década de 50 estão em alta nas casas de leilão dos Estados Unidos. Na última semana, um Porsche 550A Spyder 1958 foi anunciado para o começo do ano que vem. Apenas 40 exemplares foram feitos, suficientes para cravar uma história vitoriosa nas pistas. O Porsche 550A Spyder foi apelidado de “matador de gigantes” por conta de suas proporções. Ele é pequeno, não apenas na carroceria, mas também no motor. Era equipado com o mesmo 1.5 boxter de seu antecessor, o 550 que ficou imortalizado nas mãos de James Dean.

LEIA MAIS: Ferrari rara ficou escondida nos EUA por décadas

Porsche 550A
Divulgação
Porsche 550A

Ainda falando da unidade que será leiloada em janeiro, o 550A Spyder colecionou vitórias em Nürburgring, Reims e Zandvoort, além de uma grande conquista no Grande Prêmio da Holanda, onde foi o único 550A a completar a prova. Após uma trajetória de sucesso, o modelo foi entregue aos cuidados da casa de leilão Bonhams, no Arizona (Estados Unidos), onde estará à mercê do martelo no começo do ano que vem.

LEIA MAIS: Ferrari Daytona raríssima é encotrada no Japão após 40 anos

Diferente do Jaguar, ninguém se atreve a estimar um valor. Modelos exclusivos da Porsche dos anos 50 costumam ser arrebatados por alguns milhões de dólares. E entendendo o pedigree do 550A Spyder, podemos dizer que ele deverá extrapolar nos números.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.