Apesar de vir sem itens básicos, o SUV da marca coreana ainda é bastante completo e tem boa procura no mercado

Hyundai Creta: SUV volta a ser oferecido para portadores de deficiências depois de três meses de vendas suspensas
Divulgação
Hyundai Creta: SUV volta a ser oferecido para portadores de deficiências depois de três meses de vendas suspensas

Depois de um período de três meses de vendas suspensas, o Hyundai Creta está sendo novamente vendido a pessoas com deficiência (PcD). Os benefícios previstos por Lei aos PcDs incluem isenções de impostos como IPI, IPVA, IOF e ICMS, além de não participar do rodízio (em SP). Entretanto, a condição envolve o carro ser produzido no Brasil ou no Mercosul, custar menos de R$ 70.000, pagar os impostos isentos caso o automóvel seja vendido em menos de 3 anos e, logicamente, não ter câmbio manual. Para casos de impossibilidade ou dificuldade de usar o lado direito dos membros inferiores, o carro deverá vir com acelerador à esquerda do pedal do freio. 

LEIA MAIS: Hyundai Creta é o SUV mais vendido de novembro. Honda HR-V lidera o ano

É por conta desse incentivo do governo aos deficientes que a marca coreana, segundo afirma, tem recebido muitas encomendas do Hyundai Creta 1.6, fabricado em Piracicaba (SP) e que custa R$ 69.990. Entretanto, como consequência da redução do seu preço final, o modelo 2018 para PcDs deixa de trazer alguns itens, como rádio, comandos de áudio no volante e monitoramento de pressão dos pneus, entre outros.

LEIA MAIS: Hyundai Creta Pulse Plus 1.6:  andamos na versão mais interessante do SUV

Não vem com rádio, mas tem equipamentos sofisticados

Com motor 1.6, de 130 cv, e câmbio automático de 6 marchas, o SUV  ainda conta com airbag duplo frontal, controle eletrônico de estabilidade, sinalização de frenagem de emergência, controle de tração, assistente de partida em rampa, ISOFIX, direção elétrica, ar-condicionado, sistema Start/Stop de parada do motor, rodas de liga leve aro 16 polegadas, vidros elétricos dianteiros e traseiros, volante com regulagem de altura e profundidade e piloto automático.

LEIA MAIS: Hyundai Creta Prestige enfrenta Honda HR-V Touring, ambos topos de linha

Mais próximo do líder do segmento, o Honda HR-V, que ainda é o SUV compacto mais vendido do ano
Divulgação
Mais próximo do líder do segmento, o Honda HR-V, que ainda é o SUV compacto mais vendido do ano

Apesar de bastante procurado, por PcDs ou não, o Hyundai Creta tem uma concorrência bastante expressiva dentro de sua categoria para superar, também vendidos abaixo dos R$70.000 com as condições especiais para motoristas portadores de deficiência. São eles: Jeep Renegade 1.8 Flex de 139cv (R$ 53.990,00), Nissan Kicks 1.6 Flex de 114cv (R$ 53.082,00) e Renault Duster 1.6 Flex de 115cv (R$ 45.900,00), Renault Captur 1.6 Flex de 115cv (R$ 53.500,00), Ford EcoSport 1.5 SE de 137 cv (R$ 45.050), Peugeot 2008 1.6 de 122 cv (R$ 49.990). Vai do gosto do freguês e do bolso, lembrando que, apesar desses outros SUVs custarem menos (e talvez virem com rádio), não espere que sejam tão completos quanto o Creta nos demais quesitos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.