A edição comemorativa dos 75 anos do Defender custará R$ 660.000 numa conversão direta, mas a Land Rover afirma que o jipe não virá para o Brasil

Land Rover Defender estará disponível em oito cores exteriores padrão, incluindo duas com acabamentos de cetim
Divulgação
Land Rover Defender estará disponível em oito cores exteriores padrão, incluindo duas com acabamentos de cetim

Quando a Land Rover anunciou, em 2016, que o seu tradicional e aclamado jipe Defender estava saindo de linha, a legião de fãs que esse carro reúne ficou frustrada, em grande parte. Enquanto isso, outros desse grupo (que engloba principalmente os colecionadores), viu na notícia uma oportunidade de investimento. Cada vez mais a procura do jipe aumenta e, consequentemente, o seu valor no mercado. Entretanto, mais do que aqui, na Europa o Defender é visto como uma peça valiosa da história automotiva e, por isso, tal como acontece com a Kombi, muitos brasileiros estão ganhando fortunas ao exportar o off-road para ao seu continente de origem.

LEIA MAIS: Range Rover SVAutobiography 2018 virá ao Brasil por mais de R$ 1 milhão

Apesar da decisão da Land Rover de tirar o Defender de linha, a marca sabe o apelo que o seu jipe histórico ainda tem. Por isso, eis que o ressuscitam com a nova versão V8, de 5 litros, 400 cv, 51,5 kgfm e câmbio automático de 8 marchas, capaz de acelerar de 0 a 100 km em 5,8 segundos. A montadora justifica a insanidade explicando que faz em comemoração aos 70 anos de quando se lançou ao mercado, justamente com o off-road “casca grossa”, o primeiro e único produto na época. A ideia por trás da escolha do 8 cilindros é relembrar os primeiros motores de alta potência que equiparam tanto o Land Rover Série III Stage 1 de 1979, quanto os próximos Defender “nervosos”, incluindo os carros da edição comemorativa de 50 anos do jipe, estes garimpados por entusiastas e colecionadores até hoje.

LEIA MAIS: Carro chinês, cópia do Range Rover Evoque, surge renovado e continua polêmica

Transformação que dá um banho de exclusividade

A série especial Defender V8 Works é feita sobre as versões 90 e 110, fabricados entre 2012 e 2016, com até 20 mil milhas rodadas (32.000 km). Todos os carros foram cuidadosamente selecionados pela marca. Estarão disponíveis em oito cores exteriores padrão, incluindo duas com acabamentos de cetim. Em contraste, o teto, os aros da roda e a grade dianteira são pintados na cor preta e os faróis agora são em LED. Já o acabamento das maçanetas, tampa do combustível e letras do capô, são feitos em alumínio usinado. Por dentro, a série especial traz acabamentos em couro. São eles: o painel de instrumentos, as portas e os bancos esportivos. Por último, conta com um novo sistema de entretenimento projetado pela Land Rover Classic.

LEIA MAIS: Mercedes-Benz de Jon Olsson ganha 800 cv e kit off-road extremo

Cada uma das únicas 150 unidades da série comemorativa do Defender custará aproximadamente R$ 660.000 (numa conversão direta), mas a Land Rover do Brasil declara que esse carro não estará disponível para encomenda.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.