Agora o SUV tem 8,1 cm a mais de comprimento, 3,7cm de largura, 50 kg a menos e exterior reestilizado. Deverá chegar ao Brasil no 2° semestre

BMW X4: O
Divulgação
BMW X4: O "mini X6" surge modernizado para enfrentar rivais como o Mercedes-Benz GLC Coupé

Depois de quatro anos do lançamento do BMW X4, o SUV chega à segunda geração, que será apresentada pela primeira vez no começo de março, durante o Salão de Genebra (Suíça) e deverá desembarcar ao Brasil em meados do segundo semestre. Com preços que irão partir dos mesmos R$ 330.000 cobrados pela geração anterior, o SUV pode não parecer muito diferente do antecessor, mas cresceu 8,1 cm no comprimento, 5,4 cm na distância entre-eixos e 3,7 cm na largura.

LEIA MAIS: BMW apresenta oficialmente os novos modelos X2 e X3 no Brasil

Além disso, a altura do BMW X4 foi reduzida em 3 mm, bem como o exterior agora conta com faróis adaptativos de LED, grade frontal levemente maior (com fechamento automático) e farol de neblina horizontal, substituindo o arredondado da geração anterior. Na traseira, destacam-se as novas lanternas de LED com desenho 3D e as novas ponteiras duplas do escapamento, de série em todas as versões do SUV.

LEIA MAIS: BMW X5 M: SUV "nervoso", de 575 cv, que chega ao Brasil no primeiro semestre de 2018

A estrutura e os componentes do BMW X4 são baseados no X3 da nova geração, com redução de 50 kg e sistema de condução semiautônomo. Entretanto, suas formas são inspiradas no “irmão" maior X6. Para o Brasil, estarão disponíveis as três opções de acabamento, xLine, MSport e MSport X. A motorização é um quatro-cilindros, 2.0, com turbocompressor, que produz 184 cv ou 252 cv, dependendo da versão. O câmbio é sempre o automático de oito marchas, com tração integral.

LEIA MAIS: BMW Série 5: Rápido tanto quanto um esportivo puro sangue e, ainda, anda (quase) sozinho

Versão esportiva M40i

A versão esportiva M40i vem com o kit estético da opção MSport, mas com motor mais “nervoso”. Trata-se de um 3.0, de seis cilindros, com turbocompressor, que gera 360 cv. Além disso, seus freios são mais reforçados e o diferencial com vetorização de torque é o mesmo usado pela subdivisão esportiva M. Por fim, o BMW X4 também conta com suspensão adaptativa, que pode ser endurecida para acompanhar o comportamento dos conjuntos ao selecionar os modos de condução Eco Pro, Comfort, Sport e Sport+, sendo o último exclusivo da versão M40.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.