Presidente da marca na Argentina diz que tem confiança que pode ter uma picape no Mercosul nos próximos anos

Hyundai Creta STC: protótipo mostrado no Salão do Automóvel, no São Paulo Expo, em 2016, deverá ser produzido
Nicolas Tavares/iG Carros
Hyundai Creta STC: protótipo mostrado no Salão do Automóvel, no São Paulo Expo, em 2016, deverá ser produzido

A Hyundai quer ser uma das cinco maiores fabricantes do mercado global e planeja dar continuidade à sua investida no Mercosul, de acordo com o que disse o presidente da fabricante coreana na Argentina, Guilermo Artagaveytía, ao site hermano Carsdrive. O executivo também diz acreditar que a marca terá uma picape na região nos próximos anos, o que remete a dois modelos que ainda estão na fase de protótipos. 

LEIA MAIS: Hyundai HB20 2019 chega com novidades visuais e nos equipamentos

Um deles fica por conta da picape conceitual, a Creta STC, mostrada na edição de 2016 do Salão do Automóvel, no São Paulo Expo. O carro da Hyundai foi mostrado para medir a aceitação do público por um utilitário que pode vir para brigar com Fiat Toro e Renault Oroch, por enquanto os dois únicos integrantes do segmento de picapes intermediárias, entre as médias e compactas. 

Desenho arrojado e porte compatível com o da Toro estão entre as principais características da picape da Hyundai
Nicolas Tavares/iG Carros
Desenho arrojado e porte compatível com o da Toro estão entre as principais características da picape da Hyundai

Pelo o que se sabe até agora, a Creta STC tem 4,65 metros de comprimento, ante 4,69 m de Renault Oroch e 4,91 m de Toro, portanto., com o mesmo porte das rivais. Esperava-se que a versão da produção do novo modelo da Hyundai fosse mostrada em novembro próximo, mas ainda deve levar mais um tempo para chegar ao mercado.

LEIA  MAIS: Hyundai mostra SUV a hidrogênio com autonomia de 800 quilômetros

De qualquer forma, conforme o presidente da marca coreana na Argentina disse, ainda há planos de ter uma picape no Mercosul, uma vez que é um segmento que tem apresentado boa demanda na região e seria importante para o crescimento da fabricante nesse momento em que tanto o mercado argentino quanto o brasileiro passam por mudanças, pautados pela abertura das importações no país vizinho e pelo início do novo regime automotive no Brasil, o chamado Rota 2030.

Contra Hilux, S10 e companhia

Hyundai Santa Cruz: picape média conceitual deverá ser feita em série a partir de 2020 e pode chegar ao Mercosul
Divulgação
Hyundai Santa Cruz: picape média conceitual deverá ser feita em série a partir de 2020 e pode chegar ao Mercosul

 Além da Creta STC outra picape conceitual da Hyundai que está para ganhar uma versão de produção é a Santa Cruz. Na entrevista para o site argentino Carsdrive, o presidente da marca na Argentina, Guilermo Artagaveytía, também considerou a chegada de uma picape média ao Mercosul. No caso, o novo modelo iria concorrer com Chevrolet S10, Toyota Hilux, Ford Ranger e companhia.

A Santa Cruz deverá chegar ao mercado apenas em 2020. Trata-se de um modelo com desenho arrojado e mais voltada para o conforto do que para o trabalho, aproximando-se da proposta de um SUV médio. Entre outros itens terá versões de cabine simples ou dupla e tração 4x2 ou 4x4. Na versão conceitual, a picape ter motor turbodiesel, de 192 cv e 41,2 kgfm de torque, mas esse não deverá ser o escolhido para equipá-la.

LEIA MAIS: Hyundai Creta Pulse Plus 1.6:  andamos na versão mais interessante do SUV

E entre as informações que já apareceram sobre a picape Hyundai Santa Cruz, sabe-se também que sua plataforma será a mesma da nova geração o SUV Tucson. O estilo arrojado e estiloso também deverão estar entre as principais características da nova picape da marca coreana que deverá chegar ao Mercosul e a outros mercados, inclusive o americano. 

Fonte: Carsdrive

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.