Tamanho do texto

Total arrecadado será voltado para caridade, mais exatamente para um fundo voltado para ajuda humanitária. Saiba detalhes di superesportivo

Lamborghini Huracán: Papa Francisco conversa com o CEO da Lamborghini, Stefano Domenicali, de gravata azul
Divulgação
Lamborghini Huracán: Papa Francisco conversa com o CEO da Lamborghini, Stefano Domenicali, de gravata azul

O Lamborghini Huracán que o Papa Francisco ganhou como presente em novembro ano passado foi arrematado por US$ 800 mil (em torno de R$ 2,9 milhões numa conversão simples) neste final de semana. De acordo com informações do Vaticano, o dinheiro arrecadado será destinado a um fundo voltado para ajudar cristãos que foram expulsos do Iraque e ao combate à pobreza da África.

LEIA MAIS: Papamóvel: Os 10 carros mais legais usados pelo Papa. Veja a lista

O supercarro da Lamborghini faz parte de uma lista de modelos doados ao pontífice com o objetivo de chamar atenção, com fins publicitários. No caso do modelo da marca italiana de Sant ‘Agata Bolognese (Itália), entre os detalhes exclusivos, destaca-se a pintura pérola com faixas douradas no centro e nas laterais das carroceria. Há também rodas pretas e interior com bancos revestidos de couro branco. Além disso, no capô, vai a assinatura de Jorge Mario Bergóglio.

Para Francisco assina o capô do Lamborghini Huracán que ganhou de presente e que foi arrematado em um leilão
Divulgação
Para Francisco assina o capô do Lamborghini Huracán que ganhou de presente e que foi arrematado em um leilão

Trata-se do papamóvel mais rápido que já apareceu até hoje, já que estamos falando de um supercarro capaz de atingir 325 km/h e um dos mais velozes que se tem notícia foi um Mercedes-Benz Classe M, com motor V8, que atinge um pouco mais de 200 km/h. Portanto, bem mais rápido do que qualquer outro.

LEIA MAIS: O Lamborghini Urus é finalmente revelado, com motor de 660 cv

Mais detalhes do Huracán

Não é à toa que há quatro saídas de escapamento na traseira. O que não falta é potência ao supercarro italiano
Divulgação
Não é à toa que há quatro saídas de escapamento na traseira. O que não falta é potência ao supercarro italiano


 O superesportivo italiano vem equipado com motor V10 aspirado, de 5,2 litros, que entrega 610 cv e 57,1 kgfm de torque a 6.500 rpm. São números para acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 3,4 segundos ou esticar até os 200 km/h em 10,2 s. 

O Huracán veio para entrar no lugar do Gallardo e foi apresentado pela primeira vez ao público no Sanão de Genebra (Suíça), em março de 2014. Suas vendas na Europa começaram no final do mesmo ano, época em que também desembarcou no Brasil por meio da importadora oficial da marca, a Via itália. 

LEIA MAIS: Carro mais caro do Brasil, Lamborghini de R$ 5 milhões desfila na estrada

Como se sabe, o nome Huracán vem de um touro conhecido pela sua bravura nas lutas. E também é o nome de um deus maia do vento, tempestade e fogo. No Brasil, o supercarro da Lamborghini é vendido por algo em torno de R$ 2,6 milhões na versão com tracão integral e motor de 610 cv. No caso do que vem com apenas com as rodas traseiras motrizes e 580 cv, o preço sugerido cai para cerca de R$ 1,8 milhão.