Peugeot 408 é mais divertido com motor 1.6 THP

Sedã médio de 165 cv custa R$ 74.900 e agrada pelo desempenho e bom nível de equipamentos

Sueli Osório | 13/7/2012 12:20

Peugeot 408 2013 THP 1.6 16V gasolina 4p automático seq.

Dados técnicos
Preço
R$ 74.900
Capacidade
5 passageiros
Velocidade máxima
213 km/h
0 a 100 km/h
8,3 s
Consumo urbano
0 km/l
Potência
156 cv
Torque
24,5 kgfm
Porta-malas
526 litros
Veja ficha técnica completa

O Peugeot 408 recebeu aquele temperinho a mais que faz a diferença na versão Griffe THP. Com preço de R$ 74.900, o sedã médio da marca francesa tem sob o capô o competente motor 1.6 Turbo High Pressure, que entrega 165 cv de potência a 6.000 rpm e torque de 24,5 kgfm a apenas 1.400 giros, o que garante mais diversão ao motorista.

Na prática, se compararmos o desempenho dessa versão com a Griffe 2.0 automática, que custa R$ 75.300 e entrega até 151 cv a 6.000 rpm com etanol, a THP leva boa vantagem em desempenho, pois vai da imobilidade aos 100 km/h em 8,3 segundos, ante 10,8 segundos da 2.0, e alcança velocidade máxima de 213 km/h, enquanto a versão com motor de 2 litros chega a 208 km/h.

Por conta dessa potência e torque, o sedã garante boas saídas e retomadas. Comportou-se bem tanto no trânsito urbano de São Paulo como na estrada, sendo eficiente nas ultrapassagens. Durante a condução, foi possível perceber o bom entrosamento entre o propulsor e a transmissão automática sequencial de seis velocidades, que tem opção de trocas na alavanca e permite mudanças de marcha rápidas e suaves.

A suspensão também é bem firme, mas não compromete o conforto dentro da cabine para os ocupantes, filtrando bem as irregularidades do solo.

Design

O visual do 408 agrada. As linhas são elegantes e harmoniosas, sem fazer alarde. Internamente, a aparência é refinada e o acabamento agrada. Os bancos são revestidos de couro e há apoios de braço individuais nos bancos dianteiros. O sedã de 4,69 metros de comprimento, 1,81 metro de largura e 2,71 metros de distância entre os eixos oferece ótimo espaço para motorista e passageiros. Quem senta atrás não vai apertado...

Também agrada no três-volumes a ampla área envidraçada, de 3,95 metros quadrados. Aliada ao teto solar, que aumenta a área para 4,32 m², oferece ótima luminosidade. Outro ponto positivo é o silêncio a bordo, resultado das placas insonorizantes que revestem o capô e a tampa do porta-malas, além do para-brisa acústico, que filtra os ruídos vindos de fora. Por falar em porta-malas, o compartimento é outro destaque do modelo produzido na Argentina, bastante amplo, com capacidade para levar 526 litros de bagagem e abertura pantográfica, que facilita o acesso à carga.

Segurança

Para garantir a segurança dos ocupantes, o modelo conta com seis airbags, freios ABS, acendimento automático do pisca-alerta em caso de forte desaceleração, além de ESP (Programa Eletrônico de Estabilidade), que detecta e corrige a trajetória se houver risco de perder a aderência em situações como curvas fechadas, desvios bruscos e pisos escorregadios, atuando sobre os freios e o acelerador.

Equipamentos

Além dos itens de segurança, o Peugeot tem entre os itens de série direção eletro-hidráulica, ar-condicionado digital de duas zonas com saída traseira, faróis de xenon direcionais, faróis de neblina, limpador de para-brisa automático com sensor de chuva indexado à velocidade, rodas de liga leve de 17 polegadas, CD player com MP3 e comandos no volante, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, controlador de velocidade, trio elétrico e teto solar elétrico com fechamento automático na chave.

Nesta versão, o 408 vem com sistema de navegação, que tem tela colorida multifunção de sete polegadas. O equipamento é retrátil eletricamente e recolhe-se quando o carro é fechado.

O modelo tem três anos de garantia e a Peugeot promete revisões com preços fixos na rede de concessionárias da marca. A primeira revisão, com 5.000 quilômetros, é grátis, e a de 10.000 km custa R$ 282.

  • Veredicto

    7,3

    O Peugeot 408 THP cumpre bem seu papel de sedã médio. Tem visual atraente, bom acabamento e nível de equipamentos, oferece ótimo espaço para os ocupantes e para bagagem e, melhor de tudo, é prazeroso de dirigir.

  • Prazer ao dirigir

    8

    O motor 1.6 THP deixa o 408 muito mais prazeroso de dirigir e se entende bem com a transmissão automática sequencial de seis velocidades.

  • Ergonomia

    7

    O volante tem boa pegada e traz os comandos de som. Os dos vidros e retrovisores elétricos estão nas portas, com fácil acesso, e o das travas, no painel.

  • Conforto para o motorista

    7

    Os bancos de couro são de série, mas poderiam ter ajustes elétricos, como na versão 2.0 Griffe automática.

  • Conforto para os passageiros

    8

    Os passageiros do banco traseiro não passam aperto e contam com saída de ar-condicionado.

  • Praticidade

    8

    O sedã tem itens importantes, como GPS, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, além de faróis de xenon direcionais.

  • Versatilidade

    6

    Típico sedã médio, oferece conforto para o dia a dia na cidade e na estrada, mas não é voltado para passeios no campo, por exemplo.

  • Diversão

    7

    Para os dias de sol, uma boa pedida é o teto solar elétrico. Conta também com bom sistema de som, sem grandes inovações.

  • Visual

    8

    O modelo agrada pelo visual harmonioso, com linhas elegantes e relativamente sóbrias, sem exageros.

  • Tecnologia

    7

    O motor 1.6 THP é um ótimo exemplo de downsizing. O GPS integrado funciona a contento.

  • Status

    7

    Com visual atraente, bom conjunto motor e câmbio, além de bem equipado, o 408 THP passa a imagem de bem-sucedido a quem o dirige.

PESQUISE CARROS

RANKING

Veículos mais vendidos - julho de 2014

Pos. Modelo Vendas
Fiat Palio 15.989
Volkswagen Gol 14.347
Chevrolet Onix 14.015
Fiat Strada 12.585
Hyundai HB20 10.857
Ford Fiesta 10.591
Fiat Uno 9.613
Fiat Siena 8.949
Chevrolet Prisma 8.498
10º Volkswagen Saveiro 7.296
Veja ranking completo