A Harley Sportster, que vai completar 50 anos, mudou nos últimos anos apenas no essencial, sem perder suas características tradicionais

A Iron 883, modelo de entrada da marca, é simplista porém mantém intacto o espírito Harley-Davidson.
Guilherme Marazzi
A Iron 883, modelo de entrada da marca, é simplista porém mantém intacto o espírito Harley-Davidson.

É uma das marcas de motocicletas mais antigas do mundo, por isso pode se dar ao luxo de não mudar nunca. Ou de, pelo menos, mudar muito pouco. Eu não pilotava uma Harley-Davidson Sportster há mais ou menos uma década e, confesso, achei que essa família de motocicletas de entrada da marca norte-americana pudesse surpreender-me com alguma novidade na Harley-Davidson Iron 883.

LEIA MAIS: Ducati Scrambler é retorno da marca aos anos 60

Mas não. Exatamente a mesma motocicleta de antes. É claro que o visual dark da Harley-Davidson Iron 883 , que lhe permite o intrigante nome “Iron”, é uma das poucas novidades permitidas à essa motocicleta. Outra delas é o freio com ABS de série, assim como o sistema “keyless”, praticíssimo.

A maior e melhor inovação nesse modelo cinqüentão, no entanto – a primeira Sportster surgiu em 1957 –, eu só poderia notar se tivesse acompanhado a sua sutil evolução. Trata-se das novas suspensões dianteira e traseira, que deram uma nova vida à estabilidade dinâmica da motocicleta. Mesmo assim ela continua sendo um meio caminho entre uma custom e uma street, com algumas características desses dois tipos de motocicletas que se destacam.

LEIA MAIS: Indian Scout é para curtir a estrada. Parte de R$ 49.990

A posição do piloto da Harley-Davidson Iron 883 é uma delas, com as pedaleiras não tão adiantadas porém mais á frente do que o que se esperaria. Isso causa aos menos habituados com a família Sportster uma série de hematomas e na batata da perna e algumas canelas roxas. O banco baixo que mantém as pernas bem flexionadas é outro detalhe que afugenta os candidatos a proprietários de maior estatura.

Tradição quase religiosa

Apesar de algumas descrições com aparente jeitão de criticas, Harley-Davidson Sportster não tem defeitos. Esses detalhes são mesmo as suas características que, se não mudaram até agora, jamais vão mudar. E é assim que os “harleiros” gostam dela. O melhor de qualquer Harley-Davidson de mesmo o espírito do motociclismo que ela inspira em todos. Alguns até chamam essa obsessão pela marca de “religião”, e é quase isso. E a Harley-Davidson Iron 883, mesmo sendo a porta de entrada desse maravilhoso mundo da Harley-Davidson, carrega consigo toda essa energia.

LEIA MAIS: Triumph lança duas motos extremamente divertidas

Visualmente, dentro de sua concepção muito particular, a Iron é linda, mesmo para os “não-harleiros”. O conceito simplista Dark Custom, esse sim, transformaram a quase sem graça Sportster de antes em uma motocicleta que chama bastante a atenção das pessoas nas ruas. Quase tudo preto, com alguns detalhes cromados, resultaram em um excelente aspecto. E as novas rodas de liga pretas com as extremidades dos raios usinados dão o toque final. Não é à toa que vemos sempre mais e mais motociclistas entrando para essa grande família.

A Harley-Davidson Iron 883, que pode ter o tanque nas cores preto fosco (Black Denim), cinza (Charcoal Denim), amarela (Hard Candy Gold Flake) e verde (Olive Gold), custa R$ 42.900. Daí para mais, dependendo da imaginação de quem está comprando e, é claro, de seu orçamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.