A bicilíndrica da Yamaha reúne as características mais desejadas em uma naked: agilidade e desempenho aliados à simplicidade

A Yamaha MT-07 é bonita, tem porte de moto maior e oferece excelente posição de pilotagem para uso urbano
Guilherme Marazzi
A Yamaha MT-07 é bonita, tem porte de moto maior e oferece excelente posição de pilotagem para uso urbano

Por quarenta anos os motociclistas brasileiros acostumaram a reverenciar as motocicletas Honda, em praticamente todas as faixas de preço e cilindrada. Durante um certo período, inclusive, a escolha por uma Yamaha só acontecia se o pretendente a motociclista tivesse uma certa preferência por motores dois tempos. Apesar de manter uma concorrência equilibrada na maiorias dos países, principalmente na Europa – em alguns mercados até superando sua principal concorrente –, aqui no Brasil a Yamaha tem participação sete vezes menor que a Honda. E não é por falta de bons produtos.

 Uma boa prova disso é a nova Yamaha MT-07, bicilíndrica de 700 cm 3 que faz mais o papel de uma fun bike do que a de uma naked urbana, sua definição mais usual. O visual agressivo é a característica que primeiro atrai seus admiradores: simples, apesar de bem moderno, de linhas angulosas e ousadas. O ronco do motor de dois cilindros paralelos provavelmente é a segunda característica com o qual a MT-07 conquista seus adeptos.

LEIA MAIS: Yamanha apresenta sua primeira scooter com sistema start-stop

Diferentemente das bicilíndricas que conhecemos, cujos pistões sobem e descem ao mesmo tempo, ou então sobem e descem alternadamente (chamados de flatplane), o motor da MT-0 7 tem o virabrequim do tipo crossplane , com os pistões defasados a 90 graus (ou 270  graus , se preferir). Essa característica faz com que o ronco desse motor não se pareça com o de uma bomba d’água, como geralmente é o caso dos bicilíndricos.

Mais detalhes da parte mecânica 

 Mecanicamente, a Yamaha MT-07 é bastante simples. Quadro de aço, suspensões comuns e acionamento mecânico do acelerador. Isso tudo a torna muito suave na condução, o que é adequado para uma motocicleta urbana. Mas ela pode ser bem agressiva também, bastando aproveitar melhor potência e torque que sobram em regimes mais elevados de rotações.

LEIA MAIS: Yamanha lança Factor YBR 125i ED 2017

 Esse motor de dois cilindros fornece potência de 75 cv e torque de 7 kgfm, valores suficientes para muita diversão em caminhos mais sinuosos. Aliás, estabilidade em curvas é outra de suas virtudes. O painel de instrumentos, inteiramente digital, de cristal líquido, é outro dos pontos altos da MT-07 , com excelente visualização das informações. Enfim, uma ótima motocicleta para estrada e para cidade, aproveitando a boa posição de pilotagem que ela oferece. Só o banco é meio duro... 

O preço da Yamaha MT-07 é de R$ 30.990, quando equipada com freios ABS, e R$ 2.000 menos sem esse sistema. O site da marca, no entanto, mostra que ainda é possível comprar essa motocicleta fabricada em 2015 (em Manaus), com redução de R$ 1.000 nesses valores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.