A mais estilosa motocicleta da família Softail faz com que qualquer motociclista tenha vontade de ter uma. Mesmo que seja para admirá-la

A Harley-Davidson Breakout tem pneu traseiro de 240 mm e guidão do tipo drag bar
Guilherme Veloso/Divulgação
A Harley-Davidson Breakout tem pneu traseiro de 240 mm e guidão do tipo drag bar

Há gosto para tudo, dizem. No caso das motocicletas, é claro que todas elas poderiam entrar para qualquer lista de desejos, mas, ainda assim, o gosto individual direciona as preferências por esse ou aquele modelo, esse ou aquele estilo de motos. Não se pode desprezar a quase eterna rivalidade entre o estilo Harley-Davidson e o todos os outros estilos reunidos. Todos. Há casos, no entanto, que transcendem a esse paradigma. E a H-D Breakout deve ser um desses casos.

 Eu tenho uma leve preferência pelas nakeds tradicionais, daquelas que ainda têm farol redondo com lâmpada halógena, mas muitas vezes já me flagrei admirando uma Harley-Davidson , ou várias delas, tentando montar a customização ideal combinando componentes de várias H-D de linha. Como um quebra-cabeças. E aí é que está a grande surpresa: o melhor resultado que obtive, para satisfazer o meu também real gosto por Harleys, não foi uma miscelânea de partes de vários modelos, mas sim uma das última invenções do próprio fabricante, exatamente a Harley-Davidson Breakout. E branca. Olha aí, então, a minha segunda Harley favorita, a Breakout . A primeira continua sendo a DeLuxe.

LEIA MAIS: Harley-Davidson faz recall de Dyna Low Rider por risco de desligar sozinha

Encontro de fãs e Harley-Davidson na estrada

No último sábado, 01/10, teve início o Harley-Davidson Brasil Ride, evento nacional de dois dias que tem como objetivo motivar os proprietários dos modelos da marca a ir para a estrada. Participei com a Breakout , rodando até uma das mecas dos motociclistas de São Paulo, a cidade de Morungaba, com direito a certificado de participação e tudo mais. Conforme a filosofia do evento, não importa o destino nem a distância, mas sim a jornada.

 A Harley-Davidson Breakout é da mesma família Softail que a DeLuxe e a Fat Boy , com amortecedor central escondido para ter o visual das antigas Harley sem suspensão traseira. A diferença, no entanto, para as “irmãs”, é o apelo visual mais tecnológico da motocicleta. A começar pelo exagerado pneu traseiro de 240 mm de largura. É bonito de se ver. E o motor 103B de 1.690 cm3 estava equipado com o filtro de ar de alto fluxo Screamin’ Eagle, um dos acessórios originais que a Breakout pode receber.

LEIA MAIS: Harley-Davidson Softtail DeLuxe, um passeio ao passado

Entre os modelos da marca, a Breakout é uma das mais complicadas para se rodar no trânsito das grandes cidades. O guidão do tipo barra é largo e não permite muita agilidade entre os carros. Na estrada o negócio é outro, porém o mesmo guidão, de acabamento preto, não fica próximo ao piloto, que, com as pernas esticadas para a frente, precisa ter bastante maleabilidade nos músculos para não ficar com dor nas costas depois de muitos quilômetros. Certamente um guidão tradicional aumentaria o conforto, mas não ornaria com o estilo da moto. Essa é uma das características dessa motocicleta, que segue o estilo drag bike.

 A Harley-Davidson Breakout 2016 custa R$ 73.700, mas no site da marca a versão do ano passado tem preço de R$ 58.700.

LEIA MAIS: Harley-Davidson Iron 883, a porta de entrada para o mundo Harley

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.