HB20S e novo Prisma querem repetir feito dos irmãos hatches

Sedãs pequenos chegarão ao mercado nas próximas semanas para abalar o reinado do Siena e do Voyage

Ricardo Meier | 30/1/2013 10:12

Chevrolet Prisma 2014
Projeção: João Kleber do Amaral

Novo Prisma, vulgo, Onix Sedan: mirando nos rivais Grand Siena e Voyage

O ano de 2012 foi marcado por vários lançamentos importantes como o novo EcoSport e Etios, mas não há como negar que os destaques foram o Onix e o HB20. Os dois hatches compactos chegaram atropelando rivais e mostrando que um bom projeto tem, sim, reconhecimento imediato do público.

Prova disso é que em 2013 tanto o Hyundai quanto o Chevrolet começaram com o “pneu direito”: o coreano de Piracicaba já havia emplacado mais de 7,2 mil unidades em janeiro. Já o Onix foi além, tornando-se o Chevrolet mais vendido do Brasil, desbancando o Celta, que alternava com o Classic a 1ª colocação há muitos anos.

Com um início tão promissor assim é para se esperar algo parecido do HB20S e do novo Prisma, as variantes sedãs de HB20 e Onix, respectivamente. Ambos estão próximos das concessionárias: o Chevrolet será mostrado nos dias 26 e 27 de fevereiro e deve começar as vendas em março. Já o Hyundai deverá estrear no final deste mesmo mês.

Em comum, receitas semelhantes às consagradas pelos irmãos hatches: um belo design, bom acabamento, dirigibilidade agradável e um pacote de equipamentos respeitável que conta até com tela LCD no caso do Prisma.

Chevrolet Prisma 2014

A Chevrolet fez mistério mas resolveu manter o nome “Prisma” para a versão sedã do Onix. Apesar disso, a expectativa de vendas é completamente diferente. Enquanto o primeiro Prisma teve carreira discreta, espremido entre o Classic e o Corsa Sedan, o “2014” terá um papel mais agressivo, buscando os consumidores que precisam de porta-malas, mas que prezam a beleza e a esportividade. Ou seja, nem Classic, nem Cobalt, mais voltados para a classe C. A receita para isso é uma traseira elevada e curta, que confere um ar de cupê para o modelo.

Versões e pacotes devem ser parecidos com os do Onix, com motores 1.0 e 1.4 e, mais para frente, até câmbio automático. Os preços naturalmente estarão num patamar um pouco mais elevado que os do hatch. Se isso for confirmado, é provável que o Prisma LT 1.0, suposta versão de entrada, custará em torno de R$ 35 mil e o Prisma LTZ 1.4, cerca de R$ 45 mil.

Hyundai HB20S
Projeção: João Kleber do Amaral

Com HB20S em produção, Hyundai já fala em abrir 3º turno em Piracicaba, para dar conta da demanda

Hyundai HB20S

Acostume-se com essa sigla. A Hyundai deve batizar o sedã do HB20 dessa forma: HB20S, assim como fez com a versão aventureira, a HB20X. O sedã do HB20 promete causar filas nas lojas da marca assim como seu irmão hatch. O design, ponto alto dos coreanos, deve torná-lo o sedã mais belo entre os modelos compactos. A base de referência, como mostra a projeção exclusiva do iG, é o Elantra, o que é uma ótima notícia.

Tanto ele quanto o Prisma não apelaram para um recurso comum em carros maiores, o aumento de entre-eixos, o que ajuda a projetar um sedã com perfil mais agradável. A razão é que isso não foi preciso já que os modelos hatchback já nasceram esguios a ponto de facilitar o trabalho de conversão para sedãs. O HB20S não deve apresentar novidades em sua lista de equipamentos, que é bastante completa. Os motores deverão ser o 1.0 de 3 cilindros e o 1.6, ambos flex, mas as vendas devem se concentrar na versão mais potente, capaz de justificar o maior espaço de porta-malas. Os preços devem ser parecidos com os do Prisma: a partir de R$ 35 mil, mas beirando os R$ 50 mil nas variantes mais equipadas.

Siena e Voyage na alça de mira

Chevrolet e Hyundai querem com seus dois modelos atrapalhar a vida das duas marcas mais vendidas do país, a Fiat e a Volkswagen. No caso da primeira, a vítima é o Grand Siena, que atua numa faixa de preços entre R$ 36 mil e R$ 45 mil – Siena antigo não deve sofrer abalo por custar bem menos.

Na Volkswagen, o Voyage é o único alvo. O sedã é o 3º mais vendido entre os compactos, mas consegue atuar perto dos populares como o Classic e também nas esferas mais elevadas, onde existem o Versa e o Cobalt. Quem deve sofrer com a chegada das novidades é Voyage 1.6, que tem preços entre R$ 35 mil e R$ 43 mil.

Outros modelos que ficarão na linha de tiro de HB20S e Prisma são o Versa, da Nissan, Logan, da Renault, Etios Sedan, da Toyota, Fiesta Sedan tanto velho quanto novo, e 207 Passion, da Peugeot.

Contrariando um velho ditado, em matéria de carros beleza se põe à mesa. Que o diga o Onix e o HB20.

Veja os sedãs que estão na mira do HB20S e novo Prisma:

Leia tudo sobre: HyundaiHB20SChevroletPrisma2014sedãs compactossegredos

PESQUISE CARROS

RANKING

Veículos mais vendidos - setembro de 2014

Pos. Modelo Vendas
Fiat Palio 15.907
Fiat Strada 14.225
Chevrolet Onix 13.483
Volkswagen Gol 12.583
Hyundai HB20 9.904
Fiat Siena 9.518
Fiat Uno 8.749
Chevrolet Prisma 8.353
Volkswagen Saveiro 7.780
10º Volkswagen Fox 7.730