Baseado na versão topo de linha, hatch recebe saias laterais, detalhes laranjas e defletores de ar frontais e traseiros

Faltam pouco menos de cinco meses para o início das Olimpíadas do Rio de Janeiro e a Nissan , um dos patrocinadores oficiais do evento, precisava de algum projeto para colocar a marca em evidência. Trabalharam em uma ideia que eles mesmos já usaram: uma edição especial do  March , chamada Rio 2016 .

Ao contrário do March Rio 2016 lançado em 2012, que tinha mudanças mais tímidas, a edição deste ano teve uma atenção especial e começou a ser divulgado desde 2014, quando a Nissan mostrou um conceito no Salão do Automóvel de São Paulo . A marca ouviu a reação do público e voltou para a prancheta para mudar alguns detalhes, como as saias laterais, que deixaram de ser pintadas de laranja para ficar na cor do carro. “Nós vimos que era melhor manter o March com um design mais próximo da realidade”, explica Robert Bauer, designer-chefe do Nissan Design America Rio.

E o que o carro tem para justificar o preço de R$ 53.990? São diferenças estéticas bem pequenas. A base é a versão topo de linha SL, com o pacote “Multi”, que equipa o hatch com a nova central multimídia Nissan Multi-App. Nessa configuração, o March SL custa R$ 52.640, então o acréscimo é de apenas R$ 1.350, para adicionar saias laterais com o emblema Rio 2016, spoilers no para-choque frontal e na traseira, detalhes na cor laranja “Hot Orange” nos espelhos laterais e no para-choque, rodas aro 16 de liga leve com acabamento Full Black, e uma pequena peça na grade com a numeração do carro. Está disponível em três cores: branco, cinza e preto, e os dois primeiros contam com teto na cor preta.

Nissan March Rio 2016
iGCarros/Nicolas Tavares
Nissan March Rio 2016

Não é muita coisa, mas é um valor até que modesto para um carro de 1.000 unidades, o que faz com que a compra compense. Particularmente, o carro na cor preta ficou bem melhor na combinação com o laranja. “O March na cor preta é o nosso bad boy , tem um aspecto mais agressivo. Se o teto viesse de outra cor, perderia esse efeito”, disse Bauer.

Tá, o March ganhou edição especial, e quanto o câmbio CVT que todos diziam que iria sair? “Estamos trabalhando disso”, diz uma fonte ligada a empresa. “Muitos clientes pedem e ainda precisamos de mais um tempo para terminar os ajustes”. Tanto March quanto o sedã  Versa terão essa transmissão.

Já o aguardado SUV compacto da marca, o Kicks , segue sem uma previsão de lançamento. “A data muda constantemente, é difícil cravar se vem antes, durante ou depois das Olimpíadas”, explica a fonte. Para esse semestre, teremos também o Sentra reestilizado, adotando a nova identidade visual da marca, inspirado no sedã Maxima – a data falada internamente é maio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.