Sedã com ares de cupê recebe retoques no desenho e novos equipamentos. Parte de R$ 156.900 e chega a R$ 338.900 no esportivo CLA45 AMG

A Mercedes-Benz começa a vender a linha 2017 do sedã CLA no Brasil depois de ter sido apresentado pela primeira vez ao público no Salão de Nova York (EUA), em março. O carro passa a estar disponível no País com uma série de novidades que começam com o desenho renovado. Entre uma série de outros detalhes, o carro passa a ter para-choques redesenhados, grade dianteira pintada de preto brilhante e inéditos conjuntos de rodas de liga-leve.

Por dentro, as mudanças no Mercedes CLA incluem novos revestimentos para os bancos e novos botões cromados. Bom também é que a central multimídia foi atualizada. Agora vem com tela de 8 polegadas, funciona de maneira mais intuitiva e passa a ser compatível com o sistema Apple Car Play, para celulares iOS. 

LEIA MAIS: Mercedes GLA 200: mais hatch esportivo do que jipinho aventureiro

Ainda entre os destaques, há sete air bags de proteção, direção com assistência elétrica, alerta de fadiga do motorista e câmera de ré (a partir da versão 200 Vision ), útil nas manobras de estacionamento.  Outro recurso interessante é a abertura do porta-malas passando o pé sob o para-choque, o que ajuda bastante quando as mãos estão ocupadas carregando bagagem.

Versões e preços

No caso das versões 200 Urban (R$ 156.900) e 200 Vision ( R$183.900), o motor é o 1.6 flex, de 156 cv e 25,4 kgfm de torque a .1200 rpm. Funciona em conjunto com o câmbio automatizado, de dupla embreagem, de sete marchas, e tração dianteira.  Há também a 250 Sport, com motor 2.0, turbo, que rende até 211 cv e 35,7 kgfm a 1.200 rpm e tração integral para distribuir melhor o fôlego extra entre as quatro rodas.

LEIA MAIS: Preparadora alemã traz Mercedes conversível de R$ 2,9 milhões ao Brasil

E o topo de linha CLA 45 AMG, com forte apelo esportivo, sai por R$ 338.900 e vem com o agora mais potente motor 2.0 turbo, que passou de 360 cv para 381 cv de potência maxima e brutais 48,4 kgfm de torque a meros 2.250 rpm.  Entre as principais mudanças, o sedã esportivo da marca alemã ganhou nova calibragem do câmbio de dupla embreagem e manteve a tracão integral. Por fora, recebeu difusores de ar salientes e mais apêndices aerodinâmicos. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.