Esperando pela nova geração, Fiat Grand Siena passa por leve atualização. Veja a nova lista de equipamentos e preços para a linha 2017 do sedã

Fiat Grand Siena muda grade frontal e fica mais caro na linha 2017. Agora parte de R$ 50.750.
Divulgação/Fiat
Fiat Grand Siena muda grade frontal e fica mais caro na linha 2017. Agora parte de R$ 50.750.

Enquanto a nova geração não chega, o Fiat Grand Siena vai se atualizando para continuar relevante no mercado. A linha 2017 do sedã apresenta pequenas mudanças no design, pacote de equipamentos mais completo e, como todos os carros hoje em dia, aumento no preço. Com o reajuste nos valores, a versão mais barata do Grand Siena passa a custar R$ 50.750, chegando a R$ 55.950 no modelo topo de linha.

Não espere por uma grande mudança. O retoque no design exterior do Fiat Grand Siena aparece na nova grade dianteira, que mantém o formato da antiga, mas agora tem o contorno cromado e filetes de plástico preto. Mudou mais do lado de dentro, graças ao novo acabamento em tom escurecido para o painel frontal e novo grafismo dos instrumentos. Além disso, a entrada USB foi movida para o console central nos modelos com câmbio manual.

LEIA MAIS: Fiat Mobi ou Volkswagen Up!, o embate dos subcompactos

O interior tem novo tom escurecido, grafismo diferente para o painel de instrumentos e a entrada USB no painel central.
Divulgação/Fiat
O interior tem novo tom escurecido, grafismo diferente para o painel de instrumentos e a entrada USB no painel central.

A versão mais em conta é o Grand Siena Attractive, por R$ 50.750, um aumento de R$ 1.290. Vem com o motor 1.4 flex de 88 cv e 12,5 kgfm de torque, com etanol, sempre combinado ao câmbio manual de cinco marchas. Passa a contar de série com banco do motorista com regulagem de altura e predisposição para rádio, com quatro alto-falantes e antena. Vem com ar-condicionado, computador de bordo, vidros dianteiros elétricos, faróis de neblina e travas elétricas.

LEIA MAIS: Fiat Toro Freedom 2.0 turbodiesel: o lado mais sério da nova picape

No topo de linha está o Grand Siena Essence, que passa a ser vendido por R$ 55.950, um acréscimo de R$ 1.400. A novidade é a adição do volante multifuncional e kit de parafuso antifurto das rodas. Vem com rádio Connect com mp3, Bluetooth e USB, vidros traseiros elétricos e volante com regulagem de altura. O motor é substituído pelo 1.6 flex de 117 cv e 16,8 kgfm, com etanol. O câmbio é a manual de cinco marchas, com o automatizado Dualogic Plus oferecido como opcional.

Nova geração em 2018

Não faz sentido para a Fiat investir muito para atualizar o Grand Siena neste momento. Isso porque a marca já trabalha na nova geração, com lançamento previsto para 2018. Chamado internamento de X6S, o novo sedã será feito na Argentina, enquanto o Brasil irá produzir o hatchback X6H, que irá substituir o Punto. O design de ambos será inspirado na nova família Tipo, embora utilizem mecâncias diferentes.

LEIA MAIS: Novo Fiat Palio 2017 chega mais equipado às lojas

O novo Fiat Grand Siena continuará a usar a plataforma 326 já utilizada pelo sedã e pelo hatch Palio. Vai aproveitar os novos motores GSE (Global Small Engine) de três cilindros da marca, que estreiam no Fiat Uno , embora fique apenas com a versão 1.3 – o 1.0 estará restrito ao Uno e, futuramente, Mobi e Palio . Esse 1.3 terá mais de 100 cv e torque na faixa de 14 kgfm. Para os modelos mais caras, a fabricante usará o 1.8 e.torQ EVO da Toro . Nada de câmbio automatizado, substituído pelo automático de seis marchas do Renegade .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.