Subcompacto torna-se um dos únicos modelos do Brasil a custar menos de R$ 30 mil, junto com o Fiat Mobi básico, oferecido por preço promocional

Chery QQ sai da linha de montagem em Jacareí (SP) para as lojas
Divulgação
Chery QQ sai da linha de montagem em Jacareí (SP) para as lojas

A Chery começa a vender a versão nacional do pequeno hatch QQ por preços que partem de R$ 29.990. O carro torna-se um dos únicos modelos fabricados no Brasil que custam menos de R$ 30 mil, uma vez que a versão mais em conta do Fiat Mobi pode ser encontrada em algumas lojas em oferta por um pouco abaixo desse patamar.  Trata-se do segundo modelo da marca chinesa produzido na fábrica em Jacareí (SP), que está sendo preparada para começar a produzir também a nova geração do SUV Tiggo 3X.

LEIA MAIS:  Chery mostra teaser do novo SUV Tiggo 7

Interior do Chery QQ é bastante simples, mas com desenho atual
Divulgação
Interior do Chery QQ é bastante simples, mas com desenho atual

No caso do pequeno Chery QQ , um dos principais destaques fica por conta do baixo consumo. De acordo com os números fornecidos pelo Inmetro, o carro faz 12,3 km/l na cidade e 13,8 km/l na estrada, com apenas gasolina no tanque, o que confere nota (AA), a mais alta do selo Compet. No conjunto mecânico, o carro tem motor 1.0, de três cilindros, que rende 69 cv e funciona com câmbio manual de cinco marchas.

O novo QQ chega às lojas em duas versões. A primeira é a mais em conta, a Look (R$ 29.990), que conta com ar-condicionado, , vidros elétricos dianteiros, rádio AM/FM com USB, luzes diurnas, freios ABS com EBD, airbag duplo, regulagem elétrica dos faróis, trava central nas chaves e rodas de aço.

Nova geração do Chery QQ vem com lanternas traseiras embutidas nas colunas entre os detalhes estéticos
Divulgação
Nova geração do Chery QQ vem com lanternas traseiras embutidas nas colunas entre os detalhes estéticos


 Em seguida vem a mais equipada ACT (R$ 31.990), que soma alguns itens à essa lista, como acrescenta vidros elétricos traseiros, retrovisores com ajuste elétrico, quatro auto falantes, limpador e desembaçador traseiro e rodas de liga leve de 14 polegadas. São seis cores disponíveis: preto, branco, vermelho, prata, marrom e azul.

LEIA MAIS: Chery Tiggo 3X é apresentado no Salão de Pequim, na China

Alguns detalhes do novo SUV da marca chinesa

Chery Tiggo 3X
Reprodução/Chinamobil.ru
Chery Tiggo 3X


O  Tiggo 3X  (o nome deve mudar quando for lançado) será uma das novidades da Chery no Salão do Automóvel, entre os dias 10 e 20 de novembro. Será um lançamento de extrema importância para a  Chery , em uma tentativa para justificar os US$ 430 milhões investidos para erguer a fábrica no interior paulista. Com capacidade produtiva de até 50 mil carros por ano, o complexo trabalha muito abaixo disso. De janeiro até agosto, venderam apenas 949 unidades do Celer, nas carrocerias hatchback e sedã.

LEIA MAIS:  Veja 10 SUVs que serão mostrados no Salão do Automóvel

O novo  Tiggo 3X  utiliza a mesma arquitetura e o motor 1.5 16V do  Celer. Produz 109 cv e 14 kgfm de torque, com gasolina, um valor baixo para um carro que pesa pouco mais 1.200 kg. Será combinado a um câmbio manual de cinco marchas, com a transmissão CVT como opcional – tecnologia ainda inédita nos carros da Chery no Brasil e que irá aposentar a caixa automática de quatro marchas. 

A parte mecânica pode decepcionar, mas o design vai agradar bastante. É um dos primeiros modelos da fabricante a assumir a nova linguagem de design, que traz uma identidade própria. Os faróis usam lâmpadas de LED para iluminação diurna e fica interligados à nova grade tridimensional. No para-choque estão as lanternas de posicionamento, também em LED.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.