Entre os lançamentos previstos estão o sedã S90 e novas versões do SUV XC90, como a híbrida T8, preparada pela Polestar

Volvo XC90 D5
Carlos Guimarães/ iG
Volvo XC90 D5

Apesar do mercado em geral ainda apresentar queda nas vendas, as fabricantes continuam apostando numa retomada e, com isso, mantêm os planos de lançar novos modelos. Entre as marcas de luxo, a Volvo acaba de apresentar a versão a diesel do utilitário esportivo XC90 , que começa a chegar às lojas entre o fim do mês e o início de janeiro por preços que partem de R$ 369.950 na versão Momentum e R$ 419.950 na topo de linha Inscription . A reportagem de iG Carros esteve na apresentação do carro, conta mais detalhes sobre a novidade e também apurou que terão mais lançamentos da marca sueca em 2017.

LEIA MAIS:  Volvo XC60 a diesel: SUV sueco atinge sua melhor forma

Sobre o XC90 , o maior utilitário esportivo da marca, com as duas novas versões a diesel, a marca espera quase dobrar as vendas do SUV, uma vez que a procura por esse tipo de motorização representa mais de 50% do total do mercado de SUVs de luxo hoje em dia. Se depender não apenas do conforto, mas também da eficiência e dos baixos níveis de vibração e ruído das novas versões D5 do XC90 , as metas de vendas deverão ser cumpridas.

Um dos detalhes importantes do XC90 a diesel é o chamado “Power Pulse”, um novo recurso patenteado pela Volvo, que injeta ar comprimido no coletor de escapamento onde está instalada a turbina de sobrealimentação. Com isso, consegue-se reduzir o “turbo lag”, que é aquele pequeno atraso na resposta do turbo ao pisar no acelerador. Na prática, o resultado se traduz em boa agilidade ao pisar no acelerador. 

Aliás, o novo motor 2.0 turbodiesel surpreendeu nas primeiras impresões. Dentro do carro, realmente não parece que estamos dirigindo um modelo a diesel, tamanho o silêncio e o conforto ao bordo, com o benefício da boa dose de força nas primeiras marcações do contagiros. São nada menos que 48,9 kgfm de torque a meros 1.750 rpm, o que é suficiente para levar o SUV de 2.171 kg, com sete lugares, de 0 a 100 km/h em apenas 7,8 segundos, com máxima de 220 km/h, conforme os dados da fabricante.

LEIA MAIS: Aceleramos o Volvo V60 Drive E, perua com apetite de viking

Outro destaque do XC90 a diesel fica por conta da direção semiautônoma, contanto que o velocímetro não ultrapasse os 130 km/h, o que permite usar o recurso em algumas rodovias bem sinalizadas e que não tenha trechos sinuosos por causa do funcionamento do sistema que reconhece as faixas pintadas na pista para mover o volante sozinho. Anteriormente, nas versões a gasolina, esse equipamento funciona apenas até 50 km/h. 

Com a versão a diesel, o XC90 também ganha autonomia de viagem, uma vez que o consumo é menor que o das versões a gasolina. A fabricante estima que é possível atingir em torno de 900 quilômetros na estrada com o tanque de 71 litros, ante aproximadamente 650 com gasolina. De acordo com os números do Inmetro, o XC90 D5 faz 10,5 km/l na cidade e 12,3 km/l na estrada, contra 7 km/l e 9,2 km/l das versões a gasolina, respectivamente.

O que vem de novidade da Volvo por aí

Volvo S90
Divulgação
Volvo S90

Além do XC90 a diesel, que está prestes a chegar às lojas, a Volvo planeja mais alguns lançamentos para 2017, conforme apurou a reportagem de iG Carros . Da linha do SUV, a marca quer trazer também a versão híbrida T8 , preparada pela Polestar, que conta com 426 cv e brutais 69,3 kgfm de torque, números para acelerar de 0 a 100 km/h em 5,5 segundos.  Se utilizado apenas o modo elétrico, consegue-se rodar 43 quilômetros.

Outro lançamento confirmado para o Brasil é o sedã de luxo S90 , o successor do S80. Conforme apuramos, agora o carro está previsto para ser lançado por aqui no início do segundo semestre, provavelmente em agosto. Deverá vir com motor T6, de 320 cv para competir com modelos como Mercedes-Benz Classe E , BMW Série 5 , Audi A6 e Jaguar XF.

LEIA MAIS: Volvo estuda esportivo Polestar ao Brasil, mas sob encomenda

Assim como o XC90 a diesel, o sedã S90 vem com sistema "Pilot Assist" de condução semiautônoma até 130 km/h, bem como o pacote de segurança que inclui detector de frenagem para animais grandes e dispositivos que evitam saídas não intencionais da pista, além de conectividade de ponta, compatível com Apple  CarPlay. 

 AInda entre os recursos disponíveis no S90 , destaca-se o sistema que dispensa chave do carro, seja para abri-lo ou ligá-lo. Tudo pode funcionar por meio de aplicativo de celular. A nova tecnologia funcionará por Bluetooth e terá entre os principais atrativos a possibilidade de compartilhar o carro.  Além disso, será possível travar e destravar as portas e dar a partida no motor, tudo tocando na tela do celular.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.